Wednesday, March 22, 2017

Lilian Mageski um ícone singular entre as mulheres brasileiras na América!

Lilian Mageski - Foto Divulgação
                                                      
Paulo Monauer 
www.hellobrazilnews.com
www.facebook.com/hellobrazilnews

Lilian se projetou a partir de um simples concurso entre mulheres para a perda de peso. Tudo começou ali em um pequeno salão de beleza em Everett. Depois deste evento seus horizontes foram crescendo e se desenvolvendo dentro do circulo feminino. Na sua caminhada até aqui teve muitos altos e baixos, mas sempre perseverou. Com seu sotaque carregadamente nordestino foi abrindo portas. Conquistou amizades fieis, e angariou algumas situações  constrangedoras por partes de outras mulheres, coisa normal no meio feminino. Neste período começou a assinar uma coluna no Hello Brasil Boston News, já teve seus programas de rádio na 1360AM e na 1570AM, já fez inúmeras feirinhas, já fez inúmeros jantares em cidades como: Framingham, Leomister, Hyannis, Boston, Somerville, Lowell, Nashua entre outras. Fundou o a Grupo das Mulheres Empreendedoras, depois de muita luta conseguiu o registro da sua ONG AME. Promove seguidamente um jantar de Gala para as suas Mulheres em Excelência. Hoje sua ONG tem ramificações na Flórida, atuando nas regiões de Orlando e Fort Lauderdade, onde já fez inúmeras feirinhas e jantares. Lilian ao longo da sua jornada até aqui, conquistou um lugar invejável dentro da comunidade brasileira nos EUA. Já ganhou prêmios inclusive no Brasil pela sua atuação entre as mulheres aqui nos EUA e tem uma ‘cônsul’ no Brasil da sua OGN AME. Lilian não para, e hoje já trabalha para abrir novos espaços em New Jersey e Califórnia. Constantemente viaja para Flórida por causa de seus compromissos profissionais, e tem uma atuação forte em Massachusetts onde dentem concentrada a sua base. Sem conchavos, sem parcerias com este ou aquele, na mídia ou na comunidade, ela vem se consolidando e cada dia ficando mais popular entre a mulherada brasileira. Lilian é muito assediada e requisitada para inúmeros eventos sociais, sempre que possível participa de todos que o seu tempo permite, não se faz de difícil. Lilian é uma pessoa simples e muito dada, mesmo com tantos compromissos ainda acha tempo para cuidar do seu marido e criar sua filha, sem falar que dá conta com sobra das suas funções domésticas. Seu destaque no mundo feminino da comunidade tem lhe trazido uma projeção jamais alcançada por outra mulher no nosso meio comunitário brasileiro. Cautelosa e experiente esta nordestina esta preparando o lançamento de sua revista em breve, para usar como meio de divulgação dos seus eventos e das empresárias femininas que fazem parte da sua ONG. Nestes últimos dias foi convidada para ser ancora de um painel feminino no Press Award em Fort Lauderdale na Flórida e também recebeu um convite para participar do Press Ward no Japão nos próximos meses.
‘Japão e Press Ward não representam muita coisa no meu trabalho de formiguinha com as mulheres empreendedoras, mas vou pensar nestas situações, não tenho medo de dividir minhas experiências com outras pessoas, mas sei que este evento tem um certo glamour e que tem muitas mulheres que sonham em ser premiadas nele. Contudo minha maior alegria é estar entre as minhas mulheres empreendedoras, elas são minhas amigas, são minha base, são o ar que respiro, são meu patrimônio, lá nos nossos eventos somos só nós mulheres, lá nos curtimos, lá soltamos as nossas bruxas, lá usamos os serviços profissionais umas das outras, lá não temos limites para o glamour, todas são belas e poderosas, a mais pequena empreendedora e a mais nobre delas tem o mesmo valor, somos todas mulheres lutando por uma espaço de maior de grandeza dentro dos nosso próprios negócios, sozinhas não somos nada, mas unidades somos um exercito de elite imbatível, este é o meu verdadeiro ambiente, este é o meu lugar, meu canto seguro, lugar que me sinto feliz e realizada, e isso não tem preço ao qual eu não abro mão’, disse Lilian a Hello.  


Wednesday, March 1, 2017

Brasileiro ilegal aqui nos EUA ou vive nas sombras ou vai ser deportado!

Não existe meio termo, as coisas são claras, ou você esta em situação legal aqui nos EUA ou você esta ilegalmente no país. O momento é tenso, o risco de deportação para os ilegais é alto. Existem dois tipos de ilegais aqui nos EUA, um que veio com visto e terminou seu prazo de estadia e permaneceu por aqui, o outro é aquele sujeito que entrou pela fronteira, seja ela qual for; México, Canadá, ou pelo mar, não interessa, se foi preso e ficou de comparecer na corte mais tarde e sumiu do pedaço, a coisa é grave, ele é o alvo numero um da imigração para ser deportado. Bem, o que entrou com visto, digamos que esta em uma situação melhor do que o que entrou pela fronteira como um clandestino intruso, porém, os dois correm riscos, os dois estão ilegalmente no país.
·         Como proceder, o que fazer, qual o melhor caminho?
O brasileiro é folgado por natureza e se acha acima e mais esperto que os outros. Pois é, aqui não rola esta esperteza, ele vai acabar em cana e vai ser deportado mais cedo ou mais tarde, não tenha duvidas.
·         Dicas de sobrevivência e vida longa na América vivendo ilegalmente:
- Não dirija em hipótese nenhuma. Antigamente dirigir era super necessário para locomoção, até por que ônibus, trem e metro nem sempre são de acesso fácil.  Isso é coisa do passado, dirigir já não é tão fundamental, pegue um Lift ou Uber pool, e vai custar mais barato que uma locomoção de carro e esta disponível a qualquer hora do dia e da noite.
- Não falsifique documentos para conseguir um trabalho, ‘social ou coisa parecida’, tente tirar um ITIN Number e use o numero como se fosse um social. Não queira ir para vitrine de empregos, só por que você fala inglês, ou tem uma faculdade. Você esta ilegal, haja como um ilegal, ande nas sombras ou vai ser pego, ou na pior das hipóteses para cadeia.
- Não se meta em confusão com a polícia, não vai ou faça festas com som alto, com barulho, etc. A vizinhança pode fazer uma queixa de você ou do dono da festa na policia e a coisa acaba em cana, ai o resto você já sabe.
- Não ande com amigos de procedência duvidosa ou destemidos, estes mais cedo ou mais tarde vão acabar presos e deportados e você meu amigo claro vai junto.
- Se você não foi a uma corte ou faltou em alguma, tem algo pendente com a justiça americana, esta em uma situação difícil, andar nas sombras é pouco para você, procure ser invisível aos olhos policiais, e cuidado com os amigos de má índole, mais uma vez eles podem te botar na cadeia junto com eles.
- Não more, ou alugue um quarto na casa de brasileiros ilegais, por que se um deles tiver problemas com a imigração e ele se achar destemido, pode chamar a atenção da policia na sua casa e ai você vai em cana e deportado junto com ele de graça.
 - Não viaje de avião nos EUA nem que ‘vaca tussa’. Viaje de ônibus ou trem, ou de carona com quem é legal e tenha uma carteira de motorista verdadeira. E procure ter certeza que o motorista não curte correr como um doido ou dirigir depois que bebeu, a coisa pode acabar em tragédia e novamente como disse antes em ‘cana’, e você vai junto.
- Não se exponha na internet, nas redes sociais, ande pianinho, restrinja suas fotos e contatos nas redes sociais só para os mais íntimos e familiares, se você não se ‘conter’ e achar que pode tudo nas redes sociais, vai acabar em cana, os ‘homens’ estão de olho nas redes sociais. Não olhe para os que os outros fazer, que ama mais você é você mesmo, se cuide e não siga maus exemplos, ou exemplos de risco.
- Se você já esta aqui há alguns tempo, anos, etc., ‘furou’ umas cortes já faz algum tempo, casou com uma americana, e acha que esta com tudo agora, não vai rolar, principalmente se você entrou pela fronteira sem visto. Vai ser deportado se quiser colocar a ‘cara para fora’ e ‘sentar na janela’. Vai ser deportado.
Bem amigão, você não precisa seguir meus conselhos, sua soberba pode ser grande, e você se acha intocável, ok, vai em frente, o que não da para fazer ou pedir desesperadamente para comunidade fazer é uma ‘vaquinha’ quando você for preso pela imigração para levantar fundos para tentar soltar você da imigração e neste caso enriquecer um advogado malandro que diz que vai soltar você. Esquece um em cada 1000 são soltos pela imigração depois de ser preso, mas ainda assim ganham um tempinho de vida a mais, mas são deportados igualmente. Não rola.
Tenha consciência que você é uma ILEGAL aqui na América, tem direitos limitados, não abuse da sua sorte. Tenha consciência que você esta aqui por opção pessoal, que você quer viver aqui, que você quer ganhar dinheiro aqui, que você quer estar aqui, e por isso momentaneamente esta ilegal, pois não existe uma condição melhor no momento para você, saiba se cuidar, se não souber se cuidar a imigração vai cuidar de você e dos seus que estão por aqui, e te mandar de volta para o Brasil, e ai ‘bye bye’ América para você.
Mais uma vez o cinto esta apertado, espere sua chance de se legalizar, ela sempre aparece, mais cedo ou mais tarde, mas faça isso de forma correta, pois você pode ser alvo da policia também ao se legalizar incorretamente, sabe do que estou falando, ‘da malandragem brasileira’. Se cuide e tenha vida longa nos EUA, como ilegal, viva nas sombras ou ‘sendo invisível’, boa sorte e cuidado.
Boa semana!

www.facebook.com/hellobrazilnews