Wednesday, October 17, 2012

Minha caixa chegou faltando tudo. O que eu posso e devo fazer?

As transportadoras reclamam constantemente dos clientes que mandam coisas irregulares sabendo que não pode enviar e isso atrapalha muito nos portos brasileiros.
Está é a pergunta mais trivial em nossa redação.
Mandar caixa para o Brasil é um procedimento ilegal, mas não dentro dos USA, ou em águas internacionais, mas sim quando ela chega ao território brasileiro. Sua caixa ao entrar no Brasil passa ser clandestina. As companhias de mudança agem legalmente dentro dos USA ao recolher sua caixa, para envia-la ao Brasil, contudo a legislação brasileira não encara envio de caixas do exterior como uma situação legal. Muitas transportadoras e clientes arriscam tudo ao enviar uma caixa, e as transportadoras tem seu jeitinho para liberar as caixas nos portos brasileiros que às vezes funcionam, se não houver conteúdo nas caixas que caracterizam um contrabando.
Apesar de tudo isso e de inúmeros problemas que a comunidade brasileira de MA e dos USA já enfrentou perdendo tudo do envio com caixas eles continuam enviando volumes individuais para o Brasil. A legalidade de um envio de uma caixa nos portos do Brasil só se daria se cada caixa em um container com 180 caixas tivesse um BL. Como fica impossível e inviável um container ter 180 BLs, só resta arriscar umas manobras mais ousadas pelas transportadoras nos portos do Brasil. A perda de uma caixa se dá muitas vezes por problemas de falência de algumas empresas, ou por que de alguma forma a receita alfandegária do Brasil abriu a caixa e encontrou algo ilegal dentro, em outros casos tem muita gente que perdeu tudo por desonestidade, sem-vergonhice de um monte de picares donos de transportadoras que gostam de enganar a comunidade, e claro também tem muita gente que perdeu tudo e faz um monte de gente perder também por que colocam conteúdos proibidos dentro das caixas na expectativa de vai conseguir passar na receita, uma verdadeira loteria, se pegam uma ilegalidade dentro de uma caixa todas as outras 179 caixas do container sofrem perdas e em alguns casos quando isso acontece, perde-se tudo, sem falar no prejuízo da transportadora que fica com seu nome visado pelos fiscais da receita e no porto, pelo seu retrospecto. Quando isso acontece muitas transportadoras mudam de porto, para fugir desta marcação dos fiscais no porto onde seu container tiveram problemas.
Vamos à resposta:
Qual o procedimento normal de sua caixa. A empresa de mudança pega ela na sua casa aqui nos USA. Você deve descriminar no recibo da transportadora tudo que colocou dentro dela, novamente favos repetir: não coloque contrabando, você pode perder tudo ai não adianta ir à corte ou reclamar você consumidor é culpado, quando isso acontece você cliente espertinho, malandro influencia a todos do container a perder também, pelo seu destemperamento. Procure se informar com a transportadora o que é comum e legal enviar, ‘não avance o sinal’, pode se complicar. Depois disto a transportadora coloca no container e é transportado por um navio até um porto do Brasil. Ao chegar lá o conteúdo do container, a documentação, a origem do mesmo é checada pela receita. Se a documentação estiver toda correta, o conteúdo também, a origem idem, o container pode sair do porto em até 15 dias depois de que chegou no Brasil. Após isso sua caixa é levada pela transportadora que coloca em rota de entrega, para cada região, estado e cidade. E depois de uma semana ou duas ela chega ao seu destino, ‘sua casa’. A partir de agora é que você precisa prestar atenção para tentar recuperar algum prejuízo que possa ter tido no que se refere ao conteúdo da caixa. Lembre-se quando você enviou ficou com um recibo (no momento da coleta da caixa) que contem tudo com todo o que você enviou esta tudo ali discriminado e assinado pela empresa de transporte. A partir dai a coisa vai ficar fácil e se tiver que recuperar qualquer coisa que sumiu.
Seguro do conteúdo da caixa sem uma apólice de segura não é seguro é um engodo, tome cuidado, ao fazer seguro direto com a transportadora, elas não tem licença para fazer seguros, só uma seguradora tem, e quem faz tem que lhe fornecer uma copia da apólice de seguro que não pode estar embutida no recibo de entrega da transportadora, tem que ser um documento a parte, só do seguro.
Instrua seus parentes quando receberem a caixa no Brasil, terem em mãos uma máquina fotográfica por perto, uma boa faca ou tesoura que abra a caixa rápido, e antes de assinar o recibo confira o conteúdo para ter certeza que tudo que você enviou esta ali dentro. Caso esteja tudo certo, agradeça ao entregador, assine o recibo e estará tudo certo. Entretanto se estiver faltado algo, rapidamente bata uma foto da caixa aberta, escreva no recibo do entregar o que esta faltando ao lado ou embaixo da assinatura de quem recebeu a caixa tire uma foto do recibo antes de entregar ao entregador, para você ter provas que recebeu a caixa faltado itens. Pronto. Este procedimento serve para caixas ou mudanças. De posse das provas de tudo, do recibo com a nota de que a sua caixa veio faltando coisas, aqui nos USA, você pode ligar para Hello Brazil News e nós vamos ajudar você a procurar seus direitos, ou seja, ser ressarcida do seu prejuízo financeiramente, nas cortes americanas, no Small Claims, dentro da lei.
Podemos afirmar que você vai ganhar sua recompensa financeira do seu prejuízo. Sua estimativa de vitoria com as provas é de 97% em um universo de 100%, na corte americana. Mas repito é imprescindível provas cabais das suas perdas. Entretanto se você enviou algo ilegal dentro da caixa e a receita pegou, não adianta reclamar, pois a transportadora tem documentos que provam que aquele item foi retido e retido pela receita pela receita, quer ele volta, você paga o imposto devido e recupera o item, não tente ser malandro esperto, ajudamos clientes honestos, se forem desonestos nos fazemos questão de fazer uma materia e publicar sobre o suposto malando (a).
Como e quando você perde a razão e perde tudo em um caso destes:
·        Quando quem recebe sua caixa assina o documento de entrega para o entregador da transportadora no Brasil antes de abrir e conferir tudo dentro da caixa.
·        Quando você não tem nenhuma prova real (foto ou nota escrita no recibo de entrega da transportadora que faz a entrega no Brasil).
·        No grito ninguém ganha nada, tudo precisa de provas, visuais e escritas aqui nos USA.
A função da transportadora e pegar e caixa aqui nos USA e entregar na sua casa no Brasil, foi para isso que você a contratou. E se ela fez isso e alguém assinou o recibo de entrega no Brasil. Não adianta reclamar depois.
Sua verdade pode parecer uma mentira sem provas. Eles podem alegar que depois que eles foram embora, ‘os entregadores’ você tirou o que diz estar faltando dentro das suas caixas e por ai vai, se você entrar na corte de Small Claims, nesta situação, tem 99% de perder a causa e 1% de ganhar. Não tem provas concretas não funciona só provas verbais não são consistentes.
Portanto fique esperto, no quesito, roubaram o conteúdo de minha caixa? O que eu faço?
Novamente - Verifique a caixa antes de assinar o recibo, tire fotos de tudo e não se preocupe com o resto nos do Hello ajudaremos você a buscar seus direito legalmente dentro dos USA.

O Ranking HBN das empresas 'CONFIÁVEIS OUTUBRO/2012' de Mudanças:
Fastway Moving - Envia só mudanças - Fone: 1.888.590.3278
Brazbox Moving - Envia volumes e mudanças - Fone: 1.877.591.5156
Status Baby – Envia volumes e mudanças – Fone: 1.800.848.1418
SO Express Moving - Envia volumes e mudanças - Fone: 1.888.381.8766
Líder Express - Envia volumes e mudanças - Fone: 508.733.1122
Total Moving - Envia volumes e mudanças - Fone 1.800.366.1217
Confiança Moving - Envia só mudanças - Fone 1.866.266.8464
 
Qualquer duvida ligue 617.593.18282 ou mande um e-mail para pmonauer@hellobrazilnews.com. 

HBN – Comunidade – Paulo Monauer
Fotos Paulo Monauer
www.hellobrazilnews.com

 

Fotos- As transportadoras reclamam constantemente dos clientes que mandam coisas irregulares sabendo que não pode enviar e isso atrapalha muito nos portos brasileiros.

 

MEC aplica provas de ensino médio e fundamental em Boston

 O Mec vai aplicar e coordena as provas de ensino médio e fundamental no inicio de 2013 com data ainda a ser definida na cidade de Boston que será sede do evento.Todo o brasileiro dentro do território americano que quiser fazer as provas vai ter que se deslocar para Boston nos dias das provas.
Consulado de Boston anuncia: Em 2013 teremos a prova de ‘supletivo de 1 e 2 graus’ aplicadas e coordenadas pelo Mec. Boston foi escolhida como a cidade que vai sediar o exame em todo os USA, ou seja, quem quiser fazer a prova nos USA vai ter vir a Boston. Começaram as preparações preliminares para se ter uma ideia de quantas pessoas vão fazer a prova, para escolha de um local adequado no centro de Boston de fácil acesso. E também para se ter uma ideia de quantos funcionários do MEC vão ter que se deslocar do Brasil para Boston para supervisionar e coordenar as provas.
O “Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos” (ENCCEJA – http://encceja.inep.gov.br/exame), se trata do antigo supletivo. Uma grande oportunidade para a comunidade brasileira, de primeira ou segunda geração, nos Estados Unidos de receber um diploma de ensino fundamental e/ou médio do MEC, que poderá igualmente ampliar o interesse pelo estudo da língua portuguesa. Registre-se que, para tanto, o Consulado deverá divulgar, a partir de hoje, dia 15, na sua página geral de notícias, a criação de um website específico “http://bostonsupletivo2013.eventbrite.com“ que permitirá aferir o número de interessados em realizar as provas em 2013 , mediante inclusão de nome e email. Esse recurso tecnológico permite ainda outras funções:
a) possibilidade do organizador do evento (Consulado) divulgar o evento por meio de mídias sociais tal como Facebook, Twitter e Google +, bem como por e-mails;
b) opção para os interessados poderem contactar posteriormente o grupo de coordenação voluntário (das entidades civis e religiosas) tal recurso será importante para esclarecimento de dúvidas;
c) opção para verificar gradualmente o número estimado dos interessados.
Segue, em anexo, um texto com síntese das informações disponíveis no site do MEC http://encceja.inep.gov.br/exame, que esclare as principais dúvidas dos futuros interessados:
O que é o ENCCEJA?
O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) é uma avaliação voluntária e gratuita ofertada às pessoas que não tiveram a oportunidade de concluir os estudos em idade apropriada para aferir competências, habilidades e saberes adquiridos tanto no processo escolar quanto no extra-escolar.
Para que serve o Exame?
O exame diagnostica a educação básica brasileira e possibilita certificar saberes adquiridos tanto em ambientes escolares quanto extra-escolares. O exame é aplicado para avaliar jovens e adultos que não concluíram os estudos em idade apropriada. Pode ser realizado para pleitear certificação em nível de conclusão do Ensino Fundamental para quem tem no mínimo 15 anos completos na data de realização do Exame residentes no Brasil ou no exterior. O Encceja tem como principal objetivo construir uma referência nacional de educação para jovens e adultos por meio da avaliação de competências, habilidades e saberes adquiridos no processo escolar ou nos processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas
manifestações culturais, entre outros.
Quem pode participar do Encceja?
Todas as pessoas que não tiveram oportunidade de concluir os seus estudos em idade apropriada. Para quem tem no mínimo 15 anos completos (na data de realização do exame) e não concluiu o ensino fundamental, o exame possibilita a certificação nesse nível de ensino. Já para os brasileiros residentes no exterior, o exame possibilita a certificação do ensino fundamental (15 anos completos na data do exame) e do ensino médio (18 anos completos na data do exame).
Qual o valor da inscrição?
A inscrição é gratuita!
Quem já fez o Encceja e não obteve média para certificação pode fazer o exame novamente?
Sim. Quem já fez o exame em anos anteriores e não obteve média para aprovação em alguma área do conhecimento pode inscrever-se novamente e tentar aprovação na área do conhecimento desejada.
Que conhecimentos eu devo apresentar para realizar o exame?
Para realizar o exame, você deve ser capaz de responder itens referentes às competências e habilidades presentes na Matriz de Competências e Habilidades, disponível na página do Encceja. Para o ensino fundamental as áreas do  conhecimento são: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação, Matemática, Historia e Geografia e Ciências Naturais; já para o ensino médio as áreas de conhecimento são: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
Qual é a nota indicada pelo Inep para a certificação?
Para concorrer a certificação você deve obter em cada uma das avaliações, no mínimo, o nível 100 (cem) em uma escala de proficiência que varia do nível 60 ao nível 180, com desvio padrão de 20 pontos. O nível 100 dessa escala significa que você desenvolveu as habilidades mínimas necessáriaspara obter a certificação. No caso de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes e Educação Física (ensino fundamental), você deve adicionalmente obter proficiência na prova de redação. Na redação, a proficiência é conferida ao candidato que obtiver, em quatro competências definidas para o texto escrito, pelo menos o nível 2 (dois) em uma delas e pelo menos o nível 1 (um) nas demais. E no caso de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (ensino médio) você deve adicionalmente obter proficiência na prova de redação. Na redação, a proficiência é conferida ao candidato que obtiver, em quatro competências definidas para o texto escrito, pelo menos o nível 2 (dois) em uma delas e pelo menos o nível 1 (um) nas demais.
Quais os documentos obrigatórios para realizar a inscrição no exame?
Para os brasileiros residentes no Brasil, os documentos obrigatórios são o CPF (Certificado de Pessoa Física) e a Identidade (RG). Caso seja um brasileiro privado de liberdade ou sob medida socioeducativa, o documento
obrigatório é o seu registro na unidade. Para os brasileiros residentes no exterior, o documento obrigatório é o passaporte.
Pessoas com deficiência podem realizar o exame?
Sim. No momento da inscrição o candidato deve indicar a deficiência que possui e o auxílio que necessitará para a realização do exame.
O exame pode ser realizado parcialmente ou tenho que fazer as avaliações de todas as áreas?
Sim. No momento de sua inscrição, o candidato poderá escolher se fará todas as provas do exame ou se priorizará as áreas que necessita de nota. O exame atende as especificidades de cada participante.
Ao inscrever-se você deve indicar se deseja realizar uma ou mais provas do exame.
O Encceja constitui-se de questões estruturadas da seguinte forma:
Para o ensino fundamental:
- Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna (Inglês), Artes, Educação Física e Redação- Matemática- Historia e Geografia- Ciências Naturais E para o ensino médio (apenas para os brasileiros residentes no exterior):
- Linguagens, Códigos e suas Tecnologias- Matemática e suas Tecnologias- Ciências Humanas e suas Tecnologias- Ciências da Natureza e suas Tecnologias
Como eu posso estudar para o exame se estou a muitos anos fora da escola?
Para se preparar para o exame, o Inep disponibiliza em sua página (http://encceja.inep.gov.br/materiais-para-estudo) o material didático pedagógico de apoio aos candidatos e professores que é composto por: um volume introdutório, quatro volumes de orientações aos professores, oito volumes de orientações para o estudante (quatro para o ensino fundamental e quatro para o ensino médio).
O Encceja possui uma base legal que o justifica?
Sim, o Encceja é uma avaliação nacional recomendada na Constituição Federal e na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), de acordo com as informações abaixo: O artigo 38, §§ 1º e 2º da Lei 9.394/96 indica que é
necessário estruturar uma avaliação direcionada aos jovens e adultos que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos em idade apropriada, por meio da aferição de competências e habilidades, servindo como um instrumento aos parceiros para certificarem esses jovens, além de – oferecer uma avaliação para fins de classificação na correção do fluxo escolar, nos termos do art. 24 inciso II alínea "c";- construir, consolidar e divulgar banco de dados com informações técnico-pedagógicas, metodológicas, operacionais, socioeconômicas e culturais que possa ser utilizado para a melhoria da qualidade na oferta da educação de jovens e adultos e dos procedimentos relativos ao exame;- construir um indicador qualitativo que possa ser incorporado à avaliação de políticas públicas da educação de jovens e adultos. A LDB também atribui à União as funções: normativa, redistributiva e supletiva em relação às demais instâncias educacionais (Art. 8º) e a incumbe, em colaboração com os sistemas de ensino assegurar processo nacional de avaliação do rendimento escolar (Art.9º), estabelecendo que - independente do jovem ou adulto ter freqüentado curso presencial ou curso a distância, esse exame possibilita-lhes, também, a aferição de seus conhecimentos obtidos por meios informais.
Como obter a certificação após a divulgação final do resultado do exame?
Após a divulgação do resultado final do exame, as secretarias estaduais de educação que aderiram são responsáveis pela certificação, bem como pelo uso dos resultados a partir de suas resoluções próprias e do Conselho Estadual de Educação. Portanto, você deve procurar a instituição que você indicou no ato de sua inscrição como unidade certificadora, para pleitear o certificado de conclusão do Ensino Fundamental.
HBN – Educação –  Paulo Monauer /Consulado Geral de Boston

Em pauta: A Maçonaria


Uma seita?
É do Bem?
Uma religião?
O que cultuam?
Como é constituída?
Quais seus princípios?
O quem tem de secreto?
Muito se houve falar sobre a Maçonaria, muito se pode ler na internet sobre ela. Contudo ao se estudar e se aproximar de alguns Maçons e ao observa-los podemos deslumbrar e desmistificar algo que parece tão obscuro para aos mais leigos no assunto.
Na verdade a MAÇONARIA É UMA INSTITUIÇÃO, com fins filantrópicos. Logo não é nada de seita, religião ou algo misterioso. Muito pelo contrario, do que o povo desinformado costumado falar. Ela é uma Instituição alicerçada em projetos sociais para humanidade, e tem como grande fundamento a união familiar. Outro ponto forte entre os seus irmãos (como são chamados os membros da instituição) é proliferar a verdade, honestidade, o caráter e o trabalho honesto e filantrópico na humanidade. Outra base dos Maçons é procurar tornar os homens melhores e desenvolver a fraternidade.  Seus membros pagam uma anuidade, e a instituição promove eventos para prover verbas como; jantares e coisas similares para ajudar nos seus custos operacionais. Ninguém recebe salário dentro da Instituição, somente os funcionários, que muitas vezes nem irmãos da Instituição são.
A Maçonaria é uma Instituição Milenar, não tem credos, não tem relegião, não fala mal de pessoas ou seitas, relegião ou governos e nem combate ou faz oposição a nenhum credo. Pelo contrario respeita todos. Todos os seus membros (irmãos) são de múltiplas crenças. Entre eles tem de tudo em qualquer lugar do mundo; muçulmanos, xiitas, budistas, umbandistas, crentes, judeus, adventistas, batistas, luteranos, testemunha de Jeová, católicos, protestantes, mórmons, etc. Todos são iguais dentro da Maçonaria.
Os Maçons tem como livro sagrado a bíblia e acreditam em Deus e respeitam todas as outras fontes de adoração divina sem entrar em conflito com nenhuma. Outro fator marcante e como a fé de seus irmãos é tradada em suas reuniões. O responsável pela Loja o Venerável Mestre tem o dever de preservar a crença de todos os presentes na reunião, e deixam expostos nas durante todo tempo nas suas reuniões os livros sagrados de todos os seus irmãos presentes, todos ao lado da bíblia, sejam eles alcorão, bíblia verde, etc..
·        Entenda melhor a Maçonaria local:
Em Massachusetts tem mais de 230 Lojas Maçônicas.
Qual a constituição hierárquica de uma Loja, seus pilares, seus líderes?
·        Venerável Mestre – Autoridade Máxima de Loja
·        1 Vigilante – Tipo um vice-presidente da Loja
·        2 Vigilante – Tipo um segundo conselheiro da Loja
·        Tesoureiro – Responsável pela parte financeira da Loja
·        Secretário – Responsável para manter os registros e atas em dia da Loja
Depois destes tem outros cargos que compõem a Loja, que poderíamos classificá-los para que todos entendam melhor de ‘segundo escalão’. O Venerável Mestre, 1 Vigilante, 2 Vigilante, Tesoureiro, Secretário, e todos os cargos abaixo deles tem uma gestão de um ano na Loja. Após isso é feita reunião especial que tem como objetivo fazer uma nova votação entre os irmãos da Loja para escolha do novo Venerável Mestre e de seu corpo administrativo. Qualquer irmão que se sentir habilitado pode concorrer a qualquer função na Loja. Quem ganhar na votação assume a função ao qual se candidatou.  Todo o Venerável Mestre de uma Loja depois de deposto assume a função tipo de um intelectual da Loja, um conselheiro de peso, que pode ajudar e aconselhar em qualquer função na loja, pela sua experiência. Todas as lojas de MA, estão ligadas a Grande Loja Central que fica no Centro de Boston na Tremont St. O responsável por todas as lojas de MA hoje é o ‘Grand Master Richard F. Stewart’.
Na Maçonaria só os homens podem se tornar membros (irmãos) da Instituição. Entretanto as mulheres tem um papel fundamental, pois a família é base da Instituição e seus maridos só são aceitos se elas aceitarem que eles participem das reuniões da Loja, para isso são consultadas e entrevistadas por alguns irmãos que avaliam e abonam a entrada de novos irmãos na Instituição. Todo o novo membro da Loja necessariamente precisa ser apresentado por um irmão da Loja, e caso ele for aceito na Instituição, este o acompanhara nos seus primeiros passos dentro das reuniões e vai ajuda-lo em tudo dentro da Loja. Literalmente é como se fosse um padrinho dele.
De secreto como muitos falam não tem nada. Entretanto existem alguns simbolismos próprios, vestimentas dos irmãos (membros) em suas reuniões, que praticamente não faz sentido para quem não conhece a Instituição e o que eles representam e por isso não são proliferados para os não membros. 
·        Brasileiros implantam a primeira Loja dos Maçons bilíngue Português/Inglês em MA
A cidade de Malden tem a única Loja de MA que tem reuniões em Português e Inglês aprovadas e autorizadas pela Grande Loja e aprovada pelo ‘Grand Master’ em MA. Ela teve origem depois dos projetos dos irmãos brasileiros com apoio de muitos outros irmãos americanos que participaram e acompanharam o curso do ‘Masonic Institute Leadership’ curso ministrado pela Grande Loja de Boston gestão 2007/2008 que tem em média 1 ano de duração. Neste curso os irmãos inscritos aprendem como administrar, gerenciar, conduzir uma Loja Maçônica, entre outras coisas, o curso é coisa do tipo uma graduação de grau dentro da Instituição.
Um dos destaques formado na gestão 2007/2008 foi o brasileiro, paulista oriundo da cidade de Santo André, Paulo de Tarso. Ele é casado tem 2 filhos e dois netos, toda a sua família esta e vive aqui em MA. A história de Paulo aqui nos USA começou em 1997, quando veio pela primeira vez passear com sua família nos USA e ficaram 41 dias rodando e visitando 8 estados americanos, ali naquela época nasceu o desejo de alguns membros de sua família de um dia morar nos USA. Em 2000 ele tornou o sonho familiar uma realidade e se mudou com todos para os USA, mais especificamente para Boston. Em 2000 um pouco antes de mudar para USA se tornou um Maçon em São Paulo. Hoje mora em Somerville, tem uma empresa de guincho de carros.
Voltando ao ‘Masonic Institute Leadership’ no final do curso todo o aluno para receber o diploma de grau tem que apresentar tipo um trabalho conclusão que é avaliado pelos professores. Paulo ganhou destaque por seu trabalho de conclusão e se destacou entre os demais e passou com louvor. A partir daí surgiu à ideia de formar uma Loja em português para fortalecer os laços da comunidade brasileira com a Maçonaria. E o sonho se tornou realidade em 2009.
Hoje em Massachusetts tem 3 brasileiros atuando como Venerável Mestre, cabeças de Lojas, mas a única Loja com autorização para realizar reuniões bilíngue português/inglês é a da cidade de Malden onde Paulo de Tarso foi eleito neste ano 2012 como o 4  brasileiro Venerável Mestre da Loja.
Sua Loja se chama ‘The Independence Lodge’ que fica na 142 Pleasant St., Malden, MA, 02148. Esta loja tem hoje aproximadamente tem irmãos 26 brasileiros e mais 26 irmãos americanos como membros. Ela foi fundada neste ano em 2012.
Os pilares da Loja para esta quarta gestão que começou em 7 de setembro de 2012 e vai até agosto de 2013 são:
·        Venerável Mestre – Paulo de Tarso
·        1 Vigilante – Paulo A. De Oliveira
·        2 Vigilante – Sergio Asis
·        Tesoureiro – Giovane Minatelli
·        Secretário – Maurício Filho
As reuniões na ‘The Independence Lodge’, Malden são realizadas nas segundas quintas-feiras do mês com inicio normalmente às 19hs.
·       Atividades da Loja ‘The Independence Lodge’, Malden para segunda quinzena de outubro/2012:
Doação de Sangue dia 17 de outubro
Objetivo ajudar a American Red Cross a reforçar o seu banco de Sangue. O local será sede de bombeiros de Malden, que fica na Jack St. O evento começa às 14hs e vai até 19hs, todos estão convidados a participar, a salvar vidas com a sua caridade e doação. Informações: 617-605-2449 - Paulo De oliveira
‘Open House’ – Dia do Esquadro & Compasso – 20 de outubro
Neste dia a Maçonaria abre todas as suas Lojas em Massachusetts inclusive a de Malden ao publico em geral. Assim todos que tiverem curiosidade de conhecer uma Loja Maçônica podem fazê-lo e se tiverem perguntas possam ir até lá e encontrar as respostas.
HBN – Comunidade – Paulo Monauer
www.hellobrazilnews.com

 

Tuesday, October 9, 2012

Rodeio de Brockton



Brockton recebeu milhares de brasileiros neste domingo, 7 de outubro. Apesar do tempo nublado, que no decorrer do dia se transformou de nublado para chuva fina, depois veio o frio e o minuano (vento) que gelava a alma de todos os presentes, nada roubou a alegria da galera que encheu o local do evento. O Rodeio teve de tudo, mas o que chamou atenção foi a montaria dos cowboys nos touros bravos, o barro dos currais. A lama foi o tapete e o colchão dos valentes peões, que muitas vezes beijaram o barro preto com tombos estonteantes. O grande cowboy vencedor veio direto de Ipatinga para Boston. O peão Wesley Gonçalves foi o campeão do dia e levou $2,000.00 no bolso na volta para o Brasil.

Enquanto tudo isso acontecia, a turma que gosta de curtir seus carros, com seus sons automotivos no ultimo volume, aproveitava o dia em suas barracas. Coisa tão extravagante para alguns e tão linda para outros.

Para fechar a festa teve 2hrs de show com Guilherme e Santiago, que espantaram o frio de vez. O carisma da dupla com o publico adulto e infantil foi um episodio a parte. O publico esquentou muito ao som dos melhores sucessos. A Ipanema Produtions está de parabéns. Evento foi perfeito sem constrangimentos. Carlos e sua produção mostraram que nem sempre a meteorologia manda no resultado de um evento ao ar livre, se a sorte esta a seu favor. O Rodeio de Brockton foi a prova disto.

HBN – Paulo Monauer
Foto Paulo Monauer
www.hellobrazilnews.com
facebook - http://www.facebook.com/pages/Hello-Brazil-News/137476439687817?ref=hl

 

Saturday, October 6, 2012

Ranking das empresas de mudanças nos USA



Muitas pessoas têm solicitado via telefone, e-mail, facebook a nossa redação quais as transportadoras confiáveis hoje no mercado de mudanças e envios de volumes para Brasil.

Depois da Bankruptcy da Ipanema, BR Courier e agora Freeway Moving a comunidade está cada vez arisca, e já descobriu que nesta pauta a única mídia confiável é a do Hello Brazil News.

Aqui está o ranking Hello Brazil News das empresas CONFIÁVEIS de mudanças:

Fastway Moving - Envia só mudanças - Fone: 1.888.590.3278
SO Express Moving - Envia caixas e mudanças - Fone: 1.888.381.8766
Brazbox Moving - Envia caixas e mudanças - Fone: 1.877.591.5156
Status Baby – Envia caixas e mudanças – Fone: 1.800.848.1418
Líder Express - Envia caixas e mudanças - Fone: 508.733.1122
Total Moving - Envia caixas e mudanças - Fone 1.800.366.1217
Confiança Moving - Envia só mudanças - Fone 1.866.266.8464

Estas empresas listadas como confiáveis aqui pelo HBN tem registro, são legais e o Hello Brazil News, através do recorde público dos USA tem acesso aos nomes de seus sócios e endereços. As empresas que não se encontram aqui listadas e que por ventura trabalham com mudanças e envios de volumes para o Brasil foi por que não encontramos os seus registros no recorde publico dos USA, consequentemente não sabemos quem são seus verdadeiros sócios e endereços, por isso não podemos lista-las, logo, a credibilidade delas é fraca, até que se prove o contrário. Caso cometemos algum equivoco, ou alguma empresa se sinta prejudicada por favor contatar a redação do HBN para que possamos corrigir alguma possível erro de omissão.

*A lista das empresas NÃO CONFIÁVEIS no mercado de mudança nós vamos publica-la em outra edição.

Cuidados no envio

Mandar caixa para o Brasil é legal aqui nos USA.
Mas é ilegal quando seu volume chega ao território brasileiro.
Muitas empresas mandam caixas, mas é um risco que você corre como cliente.

Seguro oferecido pelas transportadoras:

O seguro só é verdadeiro quando é feito por uma agencia de seguros.
Nenhuma transportadora tem licença para fazer um seguro de uma carga. Se você fizer o seguro direto com a transportadora peça uma cópia da apólice para saber quais suas garantias, qual a seguradora que você vai acionar no caso de extravio. O recibo de entrega não é uma apólice de seguro.

Envio de mudança

Tenha certeza que o valor acertado para o envio da mudança aqui nos USA, não vai ter acréscimos na hora de receber a sua mudança no Brasil. Algumas empresas estão cobrando taxas extras por fora do contrato na hora de liberar o seu container no porto no Brasil. Cuidado com o contrato que você assina.

Novas companhias

Tem propagandas em jornais e rádios locais literalmente de picaretas no mercado de mudanças. Empresas sem nomes, sem endereço, só com telefone, alegando que está levando um container de mudança para o Brasil e tem espaço para levar mais algumas caixas. Se enviar uma caixa com uma empresa registrada é um risco, imagina quem envia por uma empresa que nem nome tem registrado. Tem gente que perde tudo e depois ainda pergunta: Por que isso aconteceu comigo? Cuidado!

Small Claims – Cortes Americanas

Todo o cliente que sentir lesado, pode e deve procurar seus direitos nas cortes americanas. As cortes são seguras. Não tem policia, não precisa de um advogado, não precisa falar inglês, tem intérprete gratuito. O Hello pode ajudar você neste caso, e pode orienta-lo e analisar com você se a sua causa é justa ou causa perdida nas cortes. Tudo isso de graça.

Dúvidas
Não tenha medo ligue para o Hello Brazil News – 617.593.1828 – ou mande um e-mail pmonauer@hellobrazilnews.com

www.hellobrazilnews.com
facebook  - http://www.facebook.com/dspeziale1#!/pages/Hello-Brazil-News/137476439687817


HBN – Comunidade – Paulo Monauer
Fotos – Divulgação – Paulo Monauer