Monday, May 30, 2016

A tal polêmica dos banheiros

Transexuais, gays, lésbicas e afins!



HBBN – Paulo Monauer
Editor do Hello Brasil Boston News
Há mais de 16 anos trabalhando na mídia comunitária dos USA

A opção sexual de cada pessoa, nos últimos anos tem ganhado algum espaço em alguns países do mundo. Na verdade poucos países proporcionalmente ao numero de países hoje existente, permitem uma opção sexual livre, para o homem ou para a mulher.
Entretanto ter uma opção sexual diferente ao que concedido a qualquer um no nascimento (homem ou mulher, feminino ou masculino) é uma coisa antiga, dos primórdios dos tempos. Temos que admitir que antigamente era uma coisa mais velada, abafada e hoje começa a ganhar alguns espaços mais liberais no mundo.
Para quem vive em um país com mais abertura sexual, acha que mundo mudou e que os novos tempos são irreversíveis, e as pessoas tem que aceitar a opção sexual de cada um e respeitar tais decisões. Entretanto esta é visão local de onde se vive com tal liberdade, não global, do planeta terra.
Hoje em dia tem países que condenam a morte, quem optar por uma opção sexual diferente ao do seu nascimento e por ai vai. Esta tal liberdade ‘nova’, se assim posso chama-lá,  sobre a sexualidade ainda engatinha a passos pequenos no mundo.
Países onde é aceito tais metamorfose sexual entre homens e mulheres, tem seus preconceitos e ainda travam batalhas duras contra tais pessoas que optam por uma sexualidade contraria ao que seu corpo detém.
O problema não está na genitália masculina ou feminina, pois cada um apesar da opção sexual curte a sua e de alguma forma e ainda faz uso dela, independente da opção sexual, assim afirmam os especialistas da área, por suas pesquisas feitas com esta classe de pessoas.
As igrejas na sua maioria (falo em algo de 98% delas) não aceitam esta metamorfose sexual, entre as pessoas. Divergem entre si, e não conseguem aceitar pessoas do mesmo sexo tendo um relacionamento afetivo e amoroso intimo.
E os dois lados ainda vão travar muitas batalhas, mas a introdução na sociedade deste tipo de pessoas esta avançando, e ganhando espaço, apesar de estar longe de se tornar um fato global.
·      A polêmica local
A priori os transexuais, gays e afins não querem mais entrar e fazer suas necessidades fisiológicas nos mesmos banheiros que os homens, querem ter direito de frequentar o banheiro das mulheres. Porém um fato real é que ninguém discute e a situação e atitude das lésbicas e afins do lado feminino, sabe por que, elas estão muito satisfeitas dividindo os banheiros com as mulheres, e não participam desta luta de quem tem  direito por outro lado de frequentar o banheiro dos homens, ao contrario dos supostos ‘homens com opção sexual diferenciada’. As lésbicas não se misturam com os homens, não andam com homens, não fazem questão de ocupar livremente o banheiro dos homens, elas querem ficar como sempre estiveram, no meio das mulheres. Já os gays e afins, mostram um outro caminho.
Contudo o problema maior é dos homens com opções sexuais diferentes ao que seu corpo lhe proporcionou, eles querem literalmente invadir o banheiro feminino. Ai esta a polêmica. Os homens não querem mais frequentar os banheiros dos homens (falo de homens gays e afins) querem ir ao banheiro feminino, por outro lado, novamente repetindo como já disse as lésbicas não fazem nenhuma questão de frequentar o banheiro masculino.
O governador de Massachusetts Charlie Baker diz que não sanciona ou ratifica caso uma lei deste gênero passar entre as casas políticas do estado. Já foi até vaiado por isso publicamente por um pequeno grupo de manifestantes.
·      Mais polêmica
Como uma mulher pode dividir o mesmo banheiro com um homem (ok, mesmo que ele diga ser transexual, ou afins) Ela sai do banheiro arrumando a calçinha, puxando a meia, arrumando os seios no sutiã, etc. ao seu lado tem um homem afeminado arrumando seu ‘pinto’ ou com o pinto para fora, etc.
Caso haja uma criança pequena no banheiro como ela vai assimilar esta adversidade imposta na vida dela tão prematuramente? Onde fica o ‘recato’ a privacidade íntima?
Como um pai ou uma mãe vai permitir que um filho vá a um banheiro sozinho, no meio desta confusão? Tem muita gente que não curte esta intimidade toda, e esta muita gente que falo, é coisa de 80% da população. Logo parece meio inviável e totalmente sem sentido esta luta para colocar todos no mesmo banheiro independente de sua sexualidade.
·      A luta
Opção 1 - Acho que esta luta deveria então ser por um banheiro publico único, nada de divisão de sexualidade. Nada de banheiro onde os homens pudessem fazer xixi em pé, todos deveriam entra no banheiro na frente de um vaso sanitário e fechar a porta.
Opção 2 – Oferecer três tipos de banheiros públicos, na verdade quatro. Um para homens, outro para mulheres, um para famílias e agregar um novo para gays, lésbicas e afins.
Tenho a percepção que esta é uma luta em glória, disputa de quem pode ou quem deve ganhar mais espaço no mundo de hoje, as coisas já estão tão bem definidas neste sentido a milhares de anos, acho que impor uma mudança neste sentido ( banheiros)  é desgaste para ambos os lados. O melhor é deixar tudo como está, ou será que esta é uma conquista tão importante para os que lutam por manter uma opção sexual diferente aos que seus corpos lhe proporcionaram nesta vida.
Tem muitos tabus que muitas mulheres e homens não aceitam quebrar (falo da sociedade como um todo). Quem tem a priori de querer invadir um espaço até então exclusivamente feminino, ou quem quer manter tudo como esta? E as lésbicas querem entrar na briga ou vão só ficar olhando esta confusão toda? Não querem invadir os banheiros dos homens para buscar um equilíbrio de igualdade?
Na verdade se tudo isso pegar, vai ter muito malandro ficando afeminado, sem falar naqueles que se dizem que jogam dos dois lados, é complicado, e nem estou falando de famílias tradicionais e crianças a fundo para não levantar mais poeira onde não estou vendo chance de avanço.
No meio desta polemica toda a rede de lojas Target abriu seus banheiros independente de sexualidade. A pergunta que não quer calar é; Até quando?
Qual a sua opinião?
Boa semana!     


Thursday, May 19, 2016

Consulado do Brasil em Boston
O que é visível aos olhos, não se pode negar.  Ser oposição por somente ser oposição não funciona.  A nova embaixadora Gilvânia de Oliveira teve um inicio conturbado na sua gestão Boston, até por que então não se sabia qual sua postura na direção da casa consular em Boston. Houve reclamações e pedidos de demissões de muitos funcionários administrativos locais, que não suportaram seus comandos. Bem ou mal no decorrer da sua gestão até aqui (+ ou – 18 meses) teve erros e acertos, e também correções de erros, o que agilizou o equilíbrio de suas atitudes, hoje aparentemente tem mais acertos do que erros. No início tudo parecia muito difícil, as dependências do consulado, na parte aberta ao publico, era uma zorra, a coisa foi corrigida. Os despachantes perderam espaços para ONGs, houve um grito geral por parte dos despachantes, que mais tarde se adaptaram as novas regras. Os agendamentos foram manipulados no inicio da sua gestão, hoje a coisa esta mais calma. Suas reuniões com grupinhos aqui outros ali, de alguma forma tem funcionado até então. Ela definitivamente tem um marco histórico e que merece o reconhecimento da comunidade; ela é a primeira embaixadora de Boston, que literalmente anda no meio da comunidade. Em uma linguagem mais popular, poderíamos dizer que ela sai do seu escritório e anda no meio de atividades da comunidade sem cerimônia e isso ela fez muito bem como ninguém.  A nova embaixadora, agora não tão mais nova assim na função, tem acertado muito, e merece os parabéns por isso. Repetindo, hoje podemos dizer tem mais acertos do que erros.  Por outro lado tem ainda algumas coisinhas fáceis de resolver para melhorar ainda mais sua gestão, sua performance em Boston. Uma coisa esta esquecida e falta tornar mais transparentes a ação humanitária e social como, por exemplo; Qual o número total de presos criminais e de imigração na sua jurisdição. Falta informar quais os presídios visitados e com qual frequência, sem manipular dados. Quantos homens e mulheres estão presos. Quais os estados visitados pelos agentes consulares, quais os presídios, etc.. Qual o numero total de deportados mês a mês, e como vão os casos crônicos que ninguém quer falar como o caso, do Antonio de Oliveira Dadalto Jr. que mesmo depois de ter cumprido a sua pena de 12 anos em cárcere privado, ou seja, já pagou pelo seu crime com a sociedade, porém 9 anos depois, hoje maio de 2016, ainda continua preso, sem perspectiva de ser solto (ele é brasileiro e a diplomacia brasileira não consegue enviar ele de volta ao Brasil), hoje por conta de tudo isso Dadalto já não está nas suas melhores condições mentais, mas isso não justifica mate-lo preso, uma vez que foi o sistema prisional daqui de MA que o deixou neste estado. Podemos citar também o caso de Marcelo Gonçalves Mota que ficou 7 anos preso em NJ acusado de estupros, diziam ser ele um homem perigoso, foi a julgamento e foi inocentado de todas as acusações, o homem não era culpado de nenhum estupro, porem ao ser solto em NJ foi entregue na bandeja para a policia de MA, e o estado aqui o acusa de estupro também. Como esta o caso deste rapaz e como esta assistência do consulado a este rapaz e sua família no Brasil. O Consulado tem o dever de cuidar dos brasileiros, legais, ilegais ou aqueles acusados de crime ou que foram condenados por crimes no exterior, esta é uma função do consulado, e que ninguém mais cobra, será por quê? E o consulado não faz questão de falar dos presos, mas deve. Mas em suma, apesar dos pesares o consulado tem mostrado progresso e isso é inegável.

Boa semana!

Paulo Monauer  

Sann Rodrigues
O maior trambiqueiro brasileiro dentro dos EUA esta de volta
O insaciável Sann Rodrigues depois de passar por vários processos criminais nos EUA, montar pirâmides financeiras está de volta. Porém temos que reconhecer que com sua astúcia, conseguiu se livrar de alguns processos criminais, mas da última vez há poucos meses atrás foi preso no aeroporto de Boston, e novamente o que pesa sobre ele são as tais das pirâmides financeiras. Hoje ele ainda anda de tornozeleira, e não pode sair dos EUA. Sann sem sombra de dúvidas tem uma forte tendência de ser um psicopata financeiro com alguns agravantes. O homem não para de querer inventar uma formula de ganhar dinheiro em cima de terceiros explicitamente. Com uma espetacular lábia, alta capacidade de persuadir pessoas, com uma desenvoltura ao falar, carrega nas costas uma multidão de fieis tão doentes e obcecados por uma pirâmide como ele.
·         Ai esta a nova menina dos olhos do Sann o WowApp.
O site foi feito no Brasil e tem seu QG por lá. A empresa esta registrada em Hong Kong: YouWowMe Limited, Sala 2203, 22/F, Torre 1, Lippo Center, 89 Queensway, Hong Kong.
·         Como funciona:
Ganhe recompensas por tudo o que fizer ou usar no aplicativo WowApp. Com isso você acumula  WowCoinsque vale dinheiro para contribuir para uma causa social à sua escolha ou para saque em dinheiro vivo dos seus fundos. O esquema é o mesmo das velhas pirâmides, convide algum amigo para baixar o aplicativo e automaticamente você esta ganhando em cima dele, e se ele usar o aplicativo você continua faturando em cima dele também. Para quem estava com saudade de ganhar um dinheirinho fácil... a oportunidade voltou. Mas não se esqueça você ganha, mas perde muito também.
·         Comunidade brasileira e as pirâmides em MA
Hoje na nossa comunidade tem inúmeras pessoas que ganharam muito dinheiro com as pirâmides, inclusive a da TelexFree, e não são poucos não. Estão ai hoje como empresários e desfrutando das suas fortunas. Posso citar nomes, mas todos sabem que eram os cabeças de vários grupos. Bem, mas se hoje eles tem dinheiro é mérito deles que não perderam tudo, sacaram antes do quebra-quebra. Pirâmides sempre dá dinheiro, mas assim como você ganha perde. Quer encarar? 
 ·         O Sann está mandando milhares de e-mails para muita gente. convidando as pessoas a entrarem no negócio WowApp:
E-MAIL
Sannnn
Olá, aqui é o SANN RODRIGUES e no meu próximo email vou te enviar algo muito interessante sobre o que estou fazendo atualmente. Por enquanto, estou te enviando um PRESENTE ESPECIAL muito legal. É um aplicativo grátis parecido com o WhatApp mas que gera ganhos para instituições beneficientes em vários países. Você baixa GRÁTIS no link que eu coloquei abaixo e pode usar todos os dias. Quanto mais você usa e convida os amigos (ninguém precisa pagar nada), mais você ganha para poder sacar para você ou simplesmente transfere para a instituição carente que você desejar.
Clique no link para baixar para Android ou IOS (Apple)
http://metodosr.us6.list-manage.com/track/click?u=9899b0e1c68672791cbec94c3&id=27b3dbed3e&e=b4ad51ab42
Lembre-se! Vou te mandar um outro email em breve com uma notícia muito bacana.
Atenciosamente,
Sann Rodrigues
==============================================
Você está recebendo este email porque você se cadastrou no meu site. Eu sempre vou te enviar dicas grátis. Mas, se você não desejar receber me avise que retiro você de minha lista.
Forte abraço e Sucesso. (Sann Rodrigues)
Unsubscribe
pmonauer@hellobrazilnews.com from this list:
http://metodosr.us6.list-manage.com/unsubscribe?u=9899b0e1c68672791cbec94c3&id=46240ae411&e=b4ad51ab42&c=4a86244940
Our mailing address is:
SannRodrigues
7901 kingspointe 40
Orlando, FL 33837 USA
Our telephone:
6035575435
Forward this email to a friend:
http://us6.forward-to-friend.com/forward?u=9899b0e1c68672791cbec94c3&id=4a86244940&e=b4ad51ab42
Update your profile:
http://metodosr.us6.list-manage.com/profile?u=9899b0e1c68672791cbec94c3&id=46240ae411&e=b4ad51ab42