Wednesday, March 22, 2017

Lilian Mageski um ícone singular entre as mulheres brasileiras na América!

Lilian Mageski - Foto Divulgação
                                                      
Paulo Monauer 
www.hellobrazilnews.com
www.facebook.com/hellobrazilnews

Lilian se projetou a partir de um simples concurso entre mulheres para a perda de peso. Tudo começou ali em um pequeno salão de beleza em Everett. Depois deste evento seus horizontes foram crescendo e se desenvolvendo dentro do circulo feminino. Na sua caminhada até aqui teve muitos altos e baixos, mas sempre perseverou. Com seu sotaque carregadamente nordestino foi abrindo portas. Conquistou amizades fieis, e angariou algumas situações  constrangedoras por partes de outras mulheres, coisa normal no meio feminino. Neste período começou a assinar uma coluna no Hello Brasil Boston News, já teve seus programas de rádio na 1360AM e na 1570AM, já fez inúmeras feirinhas, já fez inúmeros jantares em cidades como: Framingham, Leomister, Hyannis, Boston, Somerville, Lowell, Nashua entre outras. Fundou o a Grupo das Mulheres Empreendedoras, depois de muita luta conseguiu o registro da sua ONG AME. Promove seguidamente um jantar de Gala para as suas Mulheres em Excelência. Hoje sua ONG tem ramificações na Flórida, atuando nas regiões de Orlando e Fort Lauderdade, onde já fez inúmeras feirinhas e jantares. Lilian ao longo da sua jornada até aqui, conquistou um lugar invejável dentro da comunidade brasileira nos EUA. Já ganhou prêmios inclusive no Brasil pela sua atuação entre as mulheres aqui nos EUA e tem uma ‘cônsul’ no Brasil da sua OGN AME. Lilian não para, e hoje já trabalha para abrir novos espaços em New Jersey e Califórnia. Constantemente viaja para Flórida por causa de seus compromissos profissionais, e tem uma atuação forte em Massachusetts onde dentem concentrada a sua base. Sem conchavos, sem parcerias com este ou aquele, na mídia ou na comunidade, ela vem se consolidando e cada dia ficando mais popular entre a mulherada brasileira. Lilian é muito assediada e requisitada para inúmeros eventos sociais, sempre que possível participa de todos que o seu tempo permite, não se faz de difícil. Lilian é uma pessoa simples e muito dada, mesmo com tantos compromissos ainda acha tempo para cuidar do seu marido e criar sua filha, sem falar que dá conta com sobra das suas funções domésticas. Seu destaque no mundo feminino da comunidade tem lhe trazido uma projeção jamais alcançada por outra mulher no nosso meio comunitário brasileiro. Cautelosa e experiente esta nordestina esta preparando o lançamento de sua revista em breve, para usar como meio de divulgação dos seus eventos e das empresárias femininas que fazem parte da sua ONG. Nestes últimos dias foi convidada para ser ancora de um painel feminino no Press Award em Fort Lauderdale na Flórida e também recebeu um convite para participar do Press Ward no Japão nos próximos meses.
‘Japão e Press Ward não representam muita coisa no meu trabalho de formiguinha com as mulheres empreendedoras, mas vou pensar nestas situações, não tenho medo de dividir minhas experiências com outras pessoas, mas sei que este evento tem um certo glamour e que tem muitas mulheres que sonham em ser premiadas nele. Contudo minha maior alegria é estar entre as minhas mulheres empreendedoras, elas são minhas amigas, são minha base, são o ar que respiro, são meu patrimônio, lá nos nossos eventos somos só nós mulheres, lá nos curtimos, lá soltamos as nossas bruxas, lá usamos os serviços profissionais umas das outras, lá não temos limites para o glamour, todas são belas e poderosas, a mais pequena empreendedora e a mais nobre delas tem o mesmo valor, somos todas mulheres lutando por uma espaço de maior de grandeza dentro dos nosso próprios negócios, sozinhas não somos nada, mas unidades somos um exercito de elite imbatível, este é o meu verdadeiro ambiente, este é o meu lugar, meu canto seguro, lugar que me sinto feliz e realizada, e isso não tem preço ao qual eu não abro mão’, disse Lilian a Hello.  


Wednesday, March 1, 2017

Brasileiro ilegal aqui nos EUA ou vive nas sombras ou vai ser deportado!

Não existe meio termo, as coisas são claras, ou você esta em situação legal aqui nos EUA ou você esta ilegalmente no país. O momento é tenso, o risco de deportação para os ilegais é alto. Existem dois tipos de ilegais aqui nos EUA, um que veio com visto e terminou seu prazo de estadia e permaneceu por aqui, o outro é aquele sujeito que entrou pela fronteira, seja ela qual for; México, Canadá, ou pelo mar, não interessa, se foi preso e ficou de comparecer na corte mais tarde e sumiu do pedaço, a coisa é grave, ele é o alvo numero um da imigração para ser deportado. Bem, o que entrou com visto, digamos que esta em uma situação melhor do que o que entrou pela fronteira como um clandestino intruso, porém, os dois correm riscos, os dois estão ilegalmente no país.
·         Como proceder, o que fazer, qual o melhor caminho?
O brasileiro é folgado por natureza e se acha acima e mais esperto que os outros. Pois é, aqui não rola esta esperteza, ele vai acabar em cana e vai ser deportado mais cedo ou mais tarde, não tenha duvidas.
·         Dicas de sobrevivência e vida longa na América vivendo ilegalmente:
- Não dirija em hipótese nenhuma. Antigamente dirigir era super necessário para locomoção, até por que ônibus, trem e metro nem sempre são de acesso fácil.  Isso é coisa do passado, dirigir já não é tão fundamental, pegue um Lift ou Uber pool, e vai custar mais barato que uma locomoção de carro e esta disponível a qualquer hora do dia e da noite.
- Não falsifique documentos para conseguir um trabalho, ‘social ou coisa parecida’, tente tirar um ITIN Number e use o numero como se fosse um social. Não queira ir para vitrine de empregos, só por que você fala inglês, ou tem uma faculdade. Você esta ilegal, haja como um ilegal, ande nas sombras ou vai ser pego, ou na pior das hipóteses para cadeia.
- Não se meta em confusão com a polícia, não vai ou faça festas com som alto, com barulho, etc. A vizinhança pode fazer uma queixa de você ou do dono da festa na policia e a coisa acaba em cana, ai o resto você já sabe.
- Não ande com amigos de procedência duvidosa ou destemidos, estes mais cedo ou mais tarde vão acabar presos e deportados e você meu amigo claro vai junto.
- Se você não foi a uma corte ou faltou em alguma, tem algo pendente com a justiça americana, esta em uma situação difícil, andar nas sombras é pouco para você, procure ser invisível aos olhos policiais, e cuidado com os amigos de má índole, mais uma vez eles podem te botar na cadeia junto com eles.
- Não more, ou alugue um quarto na casa de brasileiros ilegais, por que se um deles tiver problemas com a imigração e ele se achar destemido, pode chamar a atenção da policia na sua casa e ai você vai em cana e deportado junto com ele de graça.
 - Não viaje de avião nos EUA nem que ‘vaca tussa’. Viaje de ônibus ou trem, ou de carona com quem é legal e tenha uma carteira de motorista verdadeira. E procure ter certeza que o motorista não curte correr como um doido ou dirigir depois que bebeu, a coisa pode acabar em tragédia e novamente como disse antes em ‘cana’, e você vai junto.
- Não se exponha na internet, nas redes sociais, ande pianinho, restrinja suas fotos e contatos nas redes sociais só para os mais íntimos e familiares, se você não se ‘conter’ e achar que pode tudo nas redes sociais, vai acabar em cana, os ‘homens’ estão de olho nas redes sociais. Não olhe para os que os outros fazer, que ama mais você é você mesmo, se cuide e não siga maus exemplos, ou exemplos de risco.
- Se você já esta aqui há alguns tempo, anos, etc., ‘furou’ umas cortes já faz algum tempo, casou com uma americana, e acha que esta com tudo agora, não vai rolar, principalmente se você entrou pela fronteira sem visto. Vai ser deportado se quiser colocar a ‘cara para fora’ e ‘sentar na janela’. Vai ser deportado.
Bem amigão, você não precisa seguir meus conselhos, sua soberba pode ser grande, e você se acha intocável, ok, vai em frente, o que não da para fazer ou pedir desesperadamente para comunidade fazer é uma ‘vaquinha’ quando você for preso pela imigração para levantar fundos para tentar soltar você da imigração e neste caso enriquecer um advogado malandro que diz que vai soltar você. Esquece um em cada 1000 são soltos pela imigração depois de ser preso, mas ainda assim ganham um tempinho de vida a mais, mas são deportados igualmente. Não rola.
Tenha consciência que você é uma ILEGAL aqui na América, tem direitos limitados, não abuse da sua sorte. Tenha consciência que você esta aqui por opção pessoal, que você quer viver aqui, que você quer ganhar dinheiro aqui, que você quer estar aqui, e por isso momentaneamente esta ilegal, pois não existe uma condição melhor no momento para você, saiba se cuidar, se não souber se cuidar a imigração vai cuidar de você e dos seus que estão por aqui, e te mandar de volta para o Brasil, e ai ‘bye bye’ América para você.
Mais uma vez o cinto esta apertado, espere sua chance de se legalizar, ela sempre aparece, mais cedo ou mais tarde, mas faça isso de forma correta, pois você pode ser alvo da policia também ao se legalizar incorretamente, sabe do que estou falando, ‘da malandragem brasileira’. Se cuide e tenha vida longa nos EUA, como ilegal, viva nas sombras ou ‘sendo invisível’, boa sorte e cuidado.
Boa semana!

www.facebook.com/hellobrazilnews

Thursday, February 16, 2017

Brazilian Grill Hyannis

Hello Gastronomia
Cai de melhor churrascaria gaúcha de MA para vala comum dos restaurantes
Paulo Monauer
Fotos Paulo Monauer
                O restaurante continua no mesmo lugar, os gaúchos que servem o churrasco continuam pilchados a caráter, o prédio onde funciona já há algum tempo teve melhorais e foi ampliado, o estacionamento foi reformado e tem muito espaço para os clientes.
                O que sempre marcou o Brazilian Grill e o tornou famoso a ponto de inúmeras famílias de Hyannis de americanos e de brasileiros lotarem o estabelecimento diariamente pelos seus ótimos serviços de bufê e rodízio de carnes, inclusive proporcionando e motivando inúmeras outras famílias da grande Boston e toda MA a frequentarem o restaurante, sempre foi o excepcional atendimento e o singular abundante rodízio de carnes. O Brazilian Grill ganhou fama e notoriedade, até abriu outro restaurante em North Darmouth, MA no mesmo estilo, porém não em um prédio tão rústico e afinado com a cultura tradicional gaúcha como o de Hyannis, mas manteve o estilo de rodízio de carnes e atendimento. Pois é, muito disto se perdeu talvez pela falta de zelo, falta do olho dos donos, que entregaram nas mãos de funcionários e gerentes não tão qualificados a zelar pela imagem da casa. A imagem da casa caiu sensivelmente. Resultado deste descaso hoje, o Brazilian Grill afasta clientes e desmotiva outros a voltarem.
                O bufê continua o mesmo, impecável e ótimo, incomparável com qualquer outro restaurante estilo rodízio brasileiro, não tem para ninguém, neste quesito o Brazilian Grill continua o mesmo e podemos dizer que até melhorou se comparado com ele mesmo.
                O que caiu de qualidade no Brazilian Grill a ponto de afastar os clientes:
- Logo no primeiro atendimento, a preferência do atendente da casa é falar inglês, mesmo que ele perceba que os clientes da mesa estão falando português. A língua nativa do restaurante esta sendo podada e parece um pecado falar em português na casa. E quando o atendente é questionado se fala português ele responde com certo descaso; ‘falo um pouquinho’. Mas se o cliente insistir em falar em português ele fala com certo ar de desprezo, mas fala português, como se falar português fosse algo pesado e desagradável para ele, ou como se ele não curtisse um cliente brasileiro.
                -Depois deste fato, logo depois cuidado com água oferecida. Aquele atendente que não curte falar português com brasileiros, vem à mesa e pergunta se você quer água com gás ou sem gás. Todo mundo sabe que a água com gás você tem que pagar, pois a água vem engarrafada, porém em qualquer restaurante água sem gás e uma opção econômica que qualquer cliente pode optar, ou seja, água da torneira, free, de graça. No Brazilian Grill a água sem gás que trazem para você vem em uma garrafa ‘boss’ que não é aberta na sua frente, você não percebe se ela vem lacrada, e servem você sem questioná-lo se você quer aquela água, você até pensa ser uma cortesia da casa. No final da conta vem à cobrança de $5.00 por garrafa de água sem gás que quase ninguém toma uma vez que todos sempre optam por um refrigerante, vinho cerveja, etc. O interessante é que o tal garçom que não curte falar português, não explica que vai cobrar $5.00 ‘paus’ por uma garrafinha de água sem gás, pois se explicasse ninguém iria aceitar, isso é um truque do restaurante para engordar o valor da conta no final.  
                -O rodízio de carnes o ponto mais forte da churrascaria perdeu muita qualidade. As carnes ‘nobres’ continuam a serem servidas, falo do filé mignon, picanha entre outras. Porém a tradição da casa, o zelo de causar uma boa impressão ao começar o rodízio em uma mesa ao trazer aquela enxurrada de opções de carne, sempre na sequência começando pelo salsichão, galinha, etc. perdeu força. Carnes nobres aparecem sempre, salsichão também, porém carne de carneiro, porco, alcatra com queijo, costelão assado, e outros tipos de carnes mais seletivas e trabalhadas que dava um plus surreal a casa e a tornava única acabou, ou se existe é só para alguns clientes, e já não esta mais ao alcance de todos os clientes.
                -Uma novidade é que logo depois da terceira ou quarta rodada de carnes ao ser servida na mesa já vem à pergunta tradicional; ‘qual carne que você quer comer’?  Esta é uma boa pergunta depois da casa oferecer o seu cardápio completo de variedades, mas a pergunta vem logo depois de uma ou duas rodadas de picanha e algum filé mignon. O cliente sai do restaurante sem conhecer a melhor referencia da churrascaria a abundância de opções de carne. Até carne de pato já foi servida por lá, peixe grelhado também, e por ai vai, mas isso é coisa do passado.
                -Outro ponto negativo é que existe uma certa indisposição e falta de carisma de alguns servidores de carne com os clientes, não estou generalizando, tem uns excepcionais, mas outros deixam a desejar, não são tão simpáticos. No quesito de quem serve bebidas e gerencia as mesas parece estar de contra gosto no trabalho, falta o espírito de simpatia, o bom sorriso, o prazer de atender bem seja quem for, mas se você for brasileiro com certeza vai ser descriminado.
                -Um fato importante, ao pagar a conta você deve ficar muito atento, pois deve conferir tudo que estão cobrando de você. Tome cuidado se levar crianças, se as crianças se servirem de um prato somente a casa cobra um rodízio completo de adulto, falta sensibilidade e cuidado da casa com o cliente, neste quesito.
                - Fique atento quando você for reclamar para o gerente de alguns atendimentos precários, ou cobrança indevida, ele diz que vai corrigir o problema e logo oferece a você um cartão de Gift Card por debaixo da mesa para tentar fechar a sua boca (coisa de brasileiro pequeno). O cliente que sai de Boston para ir Hyannis comer não vai lá para ganhar um Gift Card pelo mau atendimento, ele vai atrás de um atendimento que se tronou marca registrada do Brazilin Grill. É aquela coisa de optar entre ir à Churrascaria Fogo de Chão ao ‘lado da sua casa’ para dirigir uma hora até Hyannis, quem faz isso não se importa de pagar $20.00, $30.00, $50.00 dólares a mais na conta, mas quer ser bem atendido, e quer desfrutar do atendimento diferencial da casa, mas isso é no Brazilian Grill é coisa do passado. O Brazilian Grill esta em retrocesso por causa da sua soberba talvez, e ao que tudo indica já virou uma casa para americanos, que não conhecem a nossa cultura e que babam por qualquer atendimento. Fica o alerta o Brazilian Grill está desprezando sua língua nativa, sua origem, e seus clientes brasileiros. Será que pela aquela velha história de que brasileiro não curte dar gorjeta?
                -Ok, vamos ao ponto, a tal da gorjeta, existe uma obsessão com ela na casa. Primeiro ela vem embutida na conta principal como se fosse parte da conta, não dando opção de o cliente optar em dar o quanto ele quer de gorjeta. Isso é ilegal em qualquer estabelecimento em MA, colocar a gorjeta como se fosse parte da conta. Pois bem, não Brazilian Grill a regra é outra, a gorjeta vem conta incluída e você não pode pagar menos do que vem estipulado no total da conta, o garçom não aceita um pagamento menor, diz que a conta não fechou o total cobrado. Uma soberba sem precedentes, a casa realmente tomou rumos adversos e perde credibilidade no conceito de respeito ao cliente. Isso quando o total da conta não vem com 40% de gorjeta agregada a conta, com uma assinatura de ‘Obrigado’ embaixo. Se você não ficar esperto paga, pois confia no tal garçom e na casa.
                -O conjunto de tudo isso, tem refletido na frequência da casa, onde sempre era uma luta para se conseguir uma mesa, hoje não se preocupe você pode ir lá com calma e se sempre vai ter uma mesa para você. Casa cheia é coisa do passado.

                -O inacreditável é que os donos continuam os mesmos, nada mudou, não existe uma nova administração, porém como se diz lá no sul, ‘o olhar do dono é que engorda o gado’, neste caso o dono desconhece este ditado e esta perdendo muito, pois o gado esta emagrecendo e se continuar não vai sair da vala comum que é o lugar onde o Brazilian Grill está hoje. Uma pena!

Thursday, February 2, 2017

Efeito Trump na nossa comunidade em Boston

Paulo Monauer
www.facebook.com/hellobrazilnews
                Não tem como falar da política mundial dos EUA, sendo um imigrante residente legal ou ilegal que vive aqui na grande Boston, a nossa visão e versão dos fatos como morador de Boston sem duvida é diferenciada daquele que vive fora dos EUA, ou em outros estados americanos. O Trump esta fazendo um barulho no mundo, mas o que está realmente afetando o nosso dia a dia aqui em Boston?
                Nós brasileiros da comunidade de Boston, conhecemos a nossa realidade na América de dentro para fora, aqui no nosso mundinho comunitário, nossa realidade é vivida dia após dia.
                Um fato! Não temos carteiras de motorista para ilegais. Os ilegais dirigem no tranco há anos. Nem vamos ter. Quem é responsável por esta negativa dos ilegais dirigirem há mais de 20 anos em Boston? São os políticos Democratas de MA, que há mais de 20 anos tem mais de 90% das cadeiras entre os deputados e senadores no estado. Que fique claro, hoje temos um governador Republicano em MA, mas este homem não tem e nunca terá responsabilidade nenhuma sobre a negativa de uma carteira de motoristas para ilegais no estado de MA, enquanto não chegar uma lei em suas mãos aprovadas pelos políticos Democratas de MA para que os ilegais possam dirigir. Volto a lembrar nos últimos 20 anos os Democratas nunca consolidaram uma lei para os imigrantes ilegais dirigirem, logo falar que o governador vai vetar o que nunca existiu (e acho que nem vai existir), e conversinha de ONG ou ativistas que não tem o que fazer. Alias esta gente não tem o que fazer há anos. Olha, bota uma lei na mesa do homem (governador) para ele vetar. Ok! Caso ele vetar realmente (repito, eu não acredito nisto) e se ele vetar, a lei volta para os políticos Democratas do estado que como disse tem 90% das cadeiras das duas casas de MA e podem com facilidade derrubam o veto do governador, volto a frisar caso ele vete. O resto que se fala sobre carteiras de motorista por ai é só gente que vive procurando se promover nas costas dos imigrantes ilegais.
                Cidades Santuárias, oficialmente tem 6 em MA e 400 nos EUA. Resumindo, as cidades não precisam necessariamente neste momento critico se declararem santuárias (protetora dos imigrantes), ela só precisam divulgar que a policia da cidade não vai reter imigrantes e entregá-los para imigração caso eles infrinjam uma lei menor (exemplo; dirigir sem carteira) ao serem abordados pela policia da cidade. Um exemplo prático disto é a cidade de Everett ao lado de Boston. Não é uma cidade declaradamente santuária, mas o Prefeito DeMaria declara abertamente aos quatro ventos, que os residentes imigrantes ilegais da cidade não vão sofrer pressão da policia local cidade a favor da imigração. E quem não se sentir seguro na cidade pode buscar abrigo ou conselho indo pessoalmente no seu gabinete do prefeito.
                Fato positivo e de efeito. O prefeito de Boston, soltou o verbo a favor dos imigrantes, na maior cidade do estado, com peso agregado de ser a capital de Massachusetts. ‘Aqui imigrante tem vez e proteção’, disse o prefeito. Bonito o manifesto e o ato político. Isso que é prefeito não fica em cima do muro, na hora que precisa, solta o verbo sem medo desde ou daquele, nossa comunidade adorou ver o prefeito em todas as mídias americanas defendendo os ilegais. Este merece nosso apoio e reconhecimento eterno.
                Foto negativo! Quanto ao prefeito de Revere, que foi nossa pauta dias atrás aqui no Hello. Este não é confiável, é um vaselina, escorregadio. Primeiro vai para um jornalzinho local americano de circulação na sua cidade de Revere e arredores e faz uma média com seu eleitorado ao declarar em manchete de capa do jornalzinho, “Revere não vai ser uma cidade santuária”. No mínimo este prefeito ou é muito incompetente politicamente, ou se acha esperto demais para imaginar que ninguém liga o que ele diz referente aos imigrantes ilegais que vivem por opção própria na sua cidade. Você leitor precisa saber e a redação do Hello zela pala nossa comunidade, e não faz políticas de conchavos por isso reproduzimos as palavras do prefeito em nossa matéria. Se o tal prefeito falou e virou manchete na mídia, nos estamos aqui para ecoar suas palavras. Se Revere não vai ser uma cidade que não vai dar guarida para imigrantes ilegais que livremente optaram por viver lá, então reiteramos nosso alerta, SE VOCÊ É ILEGAL, FIQUE LOGE DA CIDADE DE REVERE.
                Falamos em nossa matéria de Revere sobre alguns comércios brasileiros que existem na cidade de Revere, na verdade conhecidamente, temos uma loja de carros, um mercadinho e escritório de despachante prestador de serviços. Este escritório de despachante veio a publico defender o tal prefeito. Pois bem, este escritório não tem boas referencias na nossa comunidade brasileira e nem moral para defender o tal prefeito, ele esta olhando para seu próprio umbigo, pensando no seu faturamento e não na comunidade. Esta lojinha de despachante deveria se unir ao Hello, aos ilegais e não tentar reverter um fato, no caso a entrevista do prefeito na mídia americana. Isso mostra o elo e o vinculo que este escritório tem com a nossa comunidade. E eu respondo: Nenhum! Aquela história de comunidade burra e manipulada já era, não nos dias de hoje. Na verdade tentar defender o prefeito neste caso é uma vergonha para quem tentar falar por ele. Por que será que este escritoriozinho quer proteger um prefeito escorregadio em detrimento de uma comunidade inteira? Cuidado, tem muita gente que se diz nossa gente, porém trabalha e age contra a gente comunidade em favor dos seus próprios interesses financeiros.
                Força comunitária! Volto a frisar para você brasileiro imigrante ilegal ou legal: Se você tem uma chance de escolher entre viver em Revere em outro lugar, escolha outro. Se você tem uma chance de escolher onde montar um negócio não monte em Revere. Se você tem uma chance de comprar algo em Revere ou em outro lugar, compre em outro lugar. Se você tem uma chance de escolher uma praia para ir, não vá a Revere. Não compre casa em Revere, não alugue casa em Revere, não circule em Revere, não gaste um centavo em Revere. Este tal prefeito que dá declarações anti-imigrantes na mídia e depois se diz arrependido precisa conhecer a força dos imigrantes brasileiros, precisamos nos fazer respeitar. O Hello não inventou as declarações do tal prefeito afinal foi ele que foi para mídia dizer que Revere não vai ser uma cidade santuária. Este é o tipo de coisa que um político barriga fria faz, não pensa e solta verbo, e o pior, sempre faz na hora errada. E você brasileiro ilegal vai continuar em Revere? Vai pagar para ver? Depois não reclama. A dica está na mesa. Boa sorte!



Wednesday, January 18, 2017

Se você é ilegal fique bem longe da cidade de Revere

Se você tiver um contato com a policia da cidade poderá ser deportado.
www.facebook.com/hellobrazilnews
                Se você for pego dirigindo sem carteira, ou por alguma razão for abordado por policiais da cidade de Revere tem 90% de chance de parar na cadeia, ser entregue para a imigração e até ser deportado. Fique longe desta cidade. Não alugue imóveis na cidade, não faça compras em Shopping na cidade, não alugue campos de futebol ou tenha lazer na cidade, não compre imóveis na cidade, procure não circular de carro pela cidade, não abra comércios ou restaurantes na cidade, não gaste nenhum dinheiro dentro dos limites da cidade, não vá à praia de Revere no verão, volto a frisar fique longe desta cidade. Isso não é um boicote a cidade, é opção de segurança que você deve fazer.
                Tem um novo prefeito na cidade a partir de janeiro de 2017, Brian Arrigo que é totalmente avesso a imigrantes. Não aprova a política do antigo prefeito de tratar bem e não perseguir imigrantes ilegais, a não ser que eles cometessem delitos e crimes na cidade.
Brian Arrigo, o jovem e pelo jeito inexperiente político na parte de como tratar a população imigrante da sua cidade, começa o seu mandato ao estilo ‘Trump’ declarando: ‘imigrantes não são bem vindos’. Ele declarou em uma entrevista ao jornal Advocate de Revere  esta semana que a cidade de Revere nunca será uma ‘Cidade Santuária’, ou seja, que não vai proteger os imigrantes ilegais que optarem em viver nela. E se tiverem contato com a policia da cidade, a policia poderá encaminhá-los para a imigração.
O que é uma ‘Cidade Santuária’?
·         Cidades Santuárias são cidades que os prefeitos através de ordens executivas colocam em vigor leis municipais que protegem os imigrantes ilegais, moradores de suas cidades de leis federais que autorizam a policia municipal destas cidades a prenderem imigrantes e entregarem a imigração. Elas oferecem a garantia de que a policia da cidade não vai fazer o papel de imigração. Hoje existem 400 Cidades Santuários em todo o EUA. Em Massachusetts existem 6 a saber; Chelsea, Boston, Somerville, Cambridge, Lawrence e Marblehead. Ativistas e ONGs hispânicas lutam para aumentar o numero de Cidades Santuários em MA, quem está muito próxima de se agregar a lista é cidade de Everett, que mesmo não sendo uma ‘Cidade Santuária’ não permite que a sua policia faça o papel da imigração .
                Brian Arrigo não está nem ai para os imigrantes ilegais, esta virando as costas para eles, logo é hora de você imigrante ilegal virar as costas para o prefeito também. Venda sua casa, mude de cidade, feche seu comercio, abra em outro lugar, não gaste dinheiro na cidade, não trabalhe na cidade, nunca alugue uma casa, quarto ou apartamento na cidade, para que correr risco de ser preso e deportado, ela é uma cidade que não curte imigrantes partindo do ponto de vista do prefeito e da policia da cidade, por que você vai curti-la? Vá morar em outro lugar, não precisa ser uma ‘Cidade Santuária’, se for será melhor, mas se não for pelo menos procure uma cidade onde os imigrantes ilegais não sejam o foco da policia. A cidade de Revere hoje se tornou  uma péssima opção para os brasileiros ilegais.
                Revere
                A cidade fica a poucos minutos de Boston é bem frequentada por brasileiros principalmente no verão por causa da sua orla e praia. Revere tem alguns comércios brasileiros na cidade como; mercadinho com açougue e loja de venda de carros, etc. Por outro lado tem inúmeros brasileiros que são donos de casas e apartamentos em Revere, outros brasileiros trabalham em Revere. Também existem aqueles brasileiros que alugam casas ou apartamentos na cidade. Nossa comunidade tem uma vida ativa na cidade, mas chegou a hora de repensar Revere.
·         O que fazer
Se você mora em Revere, e não tem como abandonar a cidade, ande pianinho, e muito cuidado, mas quanto menos você circular pelos limites da cidade melhor, faça tudo fora dos limites da cidade, procure não ir no cinema de Revere, evite problemas e viva melhor. Tudo que tem Revere tem melhor em outro lugar bem pertinho de você.


Mandala é a nova pirâmide

Difundir, propagar, participar dela é crime de estelionato.
www.facebook.com/hellobrazilnews
                Se o Hello Brasil Boston tiver qualquer informação por meio das redes sociais ou web desta pirâmide ou de qualquer outra vai difundir e divulgar inúmeras vezes o nome e as fotos das pessoas que estão promovendo a disseminação deste esquema, e vamos denunciar e oferecer ajuda para o ministério publico e a policia de Massachusetts, para que estas pessoas possam ir para cadeia o mais rápido possível. A Mandala esta tomando corpo na WEB e nas mídias sociais mais diretamente nos Grupos de WhatsApp e Facebook. No Brasil esta tendo maior aceitação nas periferias, nas zonas mais pobres das grandes cidades. Aqui em Boston ainda não ganhou forma e nem vai ganhar se depender do Hello.
                Coincidência ou não a Mandala ganhou projeção nacional no Brasil e na Web através do Estado do Acre, terra do nosso conhecido ‘171’ aqui nos EUA Sann Rodrigues, o Rei das Pirâmides de Boston.
A Mandala já começou a circular também e em alguns países hispânicos. Ela tem algumas variações no nome como “Mandala da Prosperidade”, “Mandala do Dinheiro”, “Investimento Mandala” e outros, e valores que variam entre R$100.00 e R$1,500.00 reais. Trata-se de um sistema que promete um ganho de ao menos R$ 800.00 mediante o investimento de R$ 100.00 reais. O dinheiro é depositado diretamente na conta bancária pessoal e cada participante é responsável por convidar novas pessoas. Não existem produtos sendo comercializados. O sistema é dividido em quatro grupos - fogo, ar, terra e água. Ao aderir, o usuário investe os R$ 100.00 reais e precisa convidar mais 8 pessoas para que também invistam. Depois de completar a quantidade necessária (8 pessoas) de participantes, recebe de cada um o valor também de R$ 100.00 reais totalizando R$800.00 reais.
                O fato é que qualquer sistema deste tipo, popularmente chamado de “pirâmide”, acaba sendo rentável apenas para quem inicia a mesma, já que o sistema quebra se não houver novos entrantes. No caso da “Mandala”, são 8 pessoas que devem entrar no sistema para que o primeiro receba o total prometido e saia do mesmo. Então, cada pessoa precisa de 8 novas pessoas. Não é difícil saber que isso não tem como ser sustentável, já que o primeiro precisa de 8 pessoas, cada uma destas 8 pessoas precisa de mais 8, o que joga para 64 o número total, depois 512, depois 4.096, depois 32.768 e por ai vai.
                Os últimos grandes sistemas de pirâmides no Brasil e aqui em Boston foram o TelexFree, que deixou milhares de pessoas no prejuízo, enquanto enriqueceu um número ínfimo, e o BBom, este em menor escala.
                Não existe mágica em economia, nem como multiplicar por oito, dezesseis, etc.  seu dinheiro em pouco tempo. Não se deixe enganar.


Thursday, January 12, 2017

Adeus Obama, o carrasco dos imigrantes.

Em 8 anos de governo ele deportou mais de 3 milhões de imigrantes!
            Parece estranho ler uma manchete tão negativa e assustadora como esta no nosso entorno comunitário brasileiro nos EUA a respeito do Presidente Obama. Mas ela é a pura verdade. O Sr. Obama mandou embora mais 3 milhões de imigrantes ilegais nos seus 8 anos de governo. Ele se consagrou com este feito, o maior carrasco de imigrantes entre todos os presidentes americanos até hoje. Será o Trump pior do que ele?
            Ok, vamos à realidade dos fatos. Seu governo tem uma aprovação entre a população americana acima de 50%, desemprego em baixa, e economia estável e em pleno crescimento. Obama foi um bom presidente dos EUA. Isso é incontestável, fez coisas muito boas, na economia, no emprego, na saúde, etc. e etc. Entre as suas conquistas se agrega o fato de ter se tornado um homem muito popular e querido entre o povo americano. Sua família ganhou notoriedade, sua esposa pensa até em concorrer a alguma coisa politicamente no futuro, dada a sua popularidade como primeira dama. Uma foto perfeita!
            Quanto aos imigrantes, como foi o desempenho do ‘Democrata’ Presidente Obama?
Ele foi um carrasco frio, certeiro, feroz, e com boa lábia. Um lobo vestido de cordeiro para os imigrantes, e o pior é que é bajulado e enaltecido por inúmeras ONGs e ativistas que vivem ao nosso redor da nossa comunidade. Porém ninguém pode lhe tirar o mérito do seu feito. Ele deportou mais de 3 milhões de imigrantes, e no fim do seu mandato muitos ainda o chamam de bonzinho no nosso entorno comunitário, ironizando esta situação não me abstenho do meu comentário pessoal; ‘talvez por que ele fez muito pelos imigrantes ilegais e deportou muito pouquinho imigrantes, só 3 milhões’. Na verdade ele deixa o seu governo como se não tivesse culpa de ter deportado mais de 3 milhões de imigrantes ilegais. Ele sai como se não tivesse culpa de não ter aprovado uma lei que favorecesse os imigrantes e, diga-se de passagem, imigrantes estes que foram o diferencial para sua vitória nos seus dois mandatos. Ironicamente ele deposita no congresso e mais diretamente nos ‘Republicanos’ a culpa de não ter conseguido cumprir sua promessa de campanha do seu primeiro mandato de aprovar uma lei para organizar a vida de mais de 15 milhões de americanos ilegais que vivem neste país. Jogou os holofotes nos inimigos políticos, por ser a base maior no congresso hoje e justifica dizendo que eles bloquearem suas investidas ‘de fim de mandato’ a favor dos imigrantes, porém o Presidente Obama no inicio do seu governo e poderia provar tudo, seu partido os ‘Democratas’ tinham uma suprema maioria em todo o congresso americano, mas procrastinou, deixou o ‘caso imigrantes’ de lado, e quando ‘fez’ alguma coisa a favor dos imigrantes, ‘fez’ muito tarde, fez muito mau feito, fez por obrigação e não por prazer, fez para lavar as mãos como Pilatos, de fato nada vingou do ele diz ter feito a favor dos imigrantes, a não ser o tal DACA que favoreceu uma meia dúzia de estudantes ilegais, digo meia dúzia de estudantes perto do numero total de imigrantes ilegais que ficaram para trás.      
            E neste meio tempo nos 8 anos de seu governo na ‘surdinha’ fora dos holofotes, deportava milhões e mais milhões de imigrantes ilegais, como disse antes mais de 3 milhões de imigrantes ilegais foram deportados no seu governo. O presidente que disse que iria unir as famílias dos ilegais nos microfones da mídia, nas promessas de campanhas, etc., permitia e permitiu a devastação destas mesmas famílias ao serem deportadas. Qual o Obama que você conheceu? Você conheceu o Obama carrasco, o maior deportador de imigrantes de todos os presidentes dos EUA, ou você conheceu o Obama bonzinho e solidário para com os imigrantes? Acho que você conheceu o cara errado. Uma coisa que me faz pensar é que as justificativas para as deportações sempre tiveram como ponto chave, ‘deportar imigrantes que tem problemas com as cortes ou que cometeram crimes, etc. etc’. Estou verdadeiramente impressionado com o numero de criminosos de imigrantes ilegais que viviam nos EUA nos 8 anos do governo Obama, mais de 3 milhões de criminosos, só entre os imigrantes. Penso eu, que hoje o Obama se sente aliviado ao deixar o governo com honras e méritos ao novo Presidente Trump, no que toca a imigrantes ilegais nos EUA, o país esta mais limpo de imigrantes criminosos, volto a dizer ele subtraiu a bagatela de 3 milhões de imigrantes ilegais todos criminosos de dentro dos EUA.

Parabéns Obama ‘good job’!