Wednesday, April 18, 2018

Batista CG Ecrasante ganha notoriedade na comunidade, como mentiroso e falsário!


O rapaz foi capaz de produzir da sua cabeça e divulgar nas mídias sociais e imprensa uma história pessoal mirabolante com a Polícia Estadual de MA e a Imigração.

                Nem o próprio Batista conseguiu imaginar a tamanha repercussão negativa que sua trilha inventada de ‘conto macabro’ com Imigração e Policia Estadual pudesse dar. Um rapaz de 38 anos já deveria ter mais juízo na cara, mas para ele talvez o juízo ainda pode demorar muito a chegar, olha se chegar.  Batista subestimou primeiro a Policia Estadual de MA e o ICE, depois as mídias sociais e logo a seguir a boa fé dos jornais Brazilian Times e Brazilian Voice, que publicaram o seu relato. Fechou o ciclo, fez vídeos, deu entrevistas, tentou passar pânico para alguns e ganhar muita notoriedade, com a chamada ‘fui preso pela imigração’.
                Batista CG Ecrasante, que nasceu na cidade de Mantena, MG, mas aqui nos EUA se diz Italiano, e o Brasil ficou em segundo plano. Contudo quer viver no meio da comunidade brasileira aqui em Boston, acho que seria melhor se ele procurasse viver entre os italianos aqui em MA, afinal esta é a sua origem agora. No seu perfil nas mídias sociais, se diz apresentador de TV, cabeleireiro, etc. Na verdade é um infantil. Fica o alerta para comunidade, cuidado com este tipo de gente. Ele não é um rapaz perigoso, do ponto de vista agressivo, mas seus devaneios podem causar pânico em quem acreditar em suas histórias mirabolantes. Ele tem uma mente criativa, mas nem sempre é para o bem.
                De tudo que ele tentou passar para comunidade a única coisa verdadeira que existe, é que ele foi parado pela Policia Estadual, não tinha carteira de motorista, ganhou uma multa e vai ter comparecer a uma corte, foi liberado pelo Policia Estadual na hora e teve seu carro guinchado. O resto é uma trilha de novela que ele inventou para chamar a atenção sobre ele. Pobre rapaz.

Matéria publicada pelo jornal Brazilian Times e reproduzida pelo jornal Brazilian Voice
Polícia chama o ICE para hair stylist brasileiro em Saugus (MA)
Batista só não foi preso porque apresentou uma passagem para o dia 1º de abril.
Batista grava vídeo para contar sua experiência e alertar a comunidade.
                Na terça-feira, dia 20, o hair stylist Batista GC Ecrasante passou por uma experiência que jamais pensou que viveria. Ele estava na Rota 01, a caminho do Walmart de Saugus (Massachusetts) para fazer algumas compras quando foi abordado por uma viatura policial. “O policial acionou a sirene e as luzes da viatura e ordenou que eu encostasse o veículo”, fala. Até ai tudo bem, pois parecia uma abordagem rotineira, mas quando Batista entregou ao oficial o passaporte italiano e o registro do carro, foi que a pressão começou. O policial percebeu que ele não tinha autorização para estar no país e imediatamente acionou o Immigration and Customs Enforcement (ICE). Quando os agentes federais de imigração chegaram ao local perguntaram quem era Cleverson, nome em que o carro estava registrado. Batista disse que era seu companheiro e neste momento o oficial perguntou onde ele estava. “Eu disse que meu marido estava trabalhando e os agentes insistiram para que eu os levasse até ele para prendê-lo, junto comigo”, disse. Em uma live publicada em sua página no Facebook, Batista fala que só não foi preso porque apresentou uma passagem já comprada para o dia 1º de abril. “Eles checaram se ela era verdadeira e disseram que eu devo sair no país na data marcada”, fala ressaltando que eles estarão no aeroporto para checar se eu sairei mesmo. Segundo Batista, foram quase duas horas de conversa com os agentes e a experiência serviu para que ele fizesse um alerta para a comunidade. No mesmo vídeo em que relata os momentos de tensão, ele conta a história de um casal que também passou pelo mesmo problema, mas no estado de New Hampshire. Ele fala que o casal foi parado pela polícia no dia 17 e o oficial acionou o ICE. Quando os agentes de imigração chegaram, fizeram todo o procedimento e marido, mulher e filho receberam a ordem de deixar o país em 20 dias. “Eles estão sob monitoramento eletrônico”, fala. Batista faz um alerta para os brasileiros ficarem atento, pois a polícia está chamando o ICE para qualquer caso. “Como eles não podem perguntar o nosso status, chamando os agentes de imigração”, afirma. O vídeo de Batista GC Ecrasante pode ser assistido através do link: https://www.facebook.com/search/top/?q=batista%20gc%20ecrasante (OBS: ele deletou o vídeo)

No comments:

Post a Comment