Wednesday, March 28, 2018

Quem foram os banidos da Rádio 650AM de Framingham na semana passada?


 Ilma Paixão, era a Administradora Geral da Rádio 650AM.
·        Johazadak Pereira, além de ser uma assessor/conselheiro/homem de confiança de Ilma Paixão, participava da administração da rádio e tinha algumas participações especiais em alguns programas e era o responsável de atualizar o site da rádio com algumas notícias.
·       Niles Lang, advogado e funcionava também como um assessor de luxo de Ilma Paixão, dava suporte jurídico para Ilma.
                Ilma Paixão, além de ser demitida rádio na semana passada, no dia 22 de março, teve uma derrota jurídica de peso. Foi deferido contra ela pelo juiz da corte de Framingham o ‘Harassment Prevention Ordem’.  Ilma foi intimada para comparecer na corte neste dia, mas não compareceu e nem se fez representar por um advogado, logo a audiência ocorreu à revelia de Ilma. Resumindo Ilma está proibida de se aproximar das dependências da Rádio 650 e do seu proprietário Alexander Langer por um período de seis meses, ou seja, até 4 de setembro de 2018. Caso viole o ‘Harassment Prevention Ordem’ a polícia pode ser acionada e Ilma corre o risco de ser presa.

RELEMBRANDO
A demissão
O anúncio foi dado de maneira inesperada nesta segunda-feira, 19, por volta das 11h da manhã.  Alex Langer, dono da rádio, chegou ao prédio acompanhado de uma advogada, que levou a polícia junto para certificar-se que não iria encontrar resistência por parte de Ilma e Jehozadak.  Ao adentrar o prédio, pegou Ilma Paixão de surpresa. Ela estava na sala de reuniões com pessoas ligadas à rádio. Tudo foi muito rápido. De pronto Alex anunciou a demissão de Ilma e do seu fiel escudeiro, o jornalista Jehozadak Pereira. Imediatamente Alex pediu que eles se retirassem do prédio. Ilma e Jehozadak nem tiveram tempo de falar nada, diante do aparato policial e da comitiva de despejo de Alex Langer. Eles foram literalmente despejados do prédio sem muito lero, lero.
A origem da demissão
Há alguns anos, Ilma Paixão assumiu a gerência da Rádio 650AM. Sua posse foi uma festa. Com promessas mirabolantes, assumiu a cadeira de gerente geral da rádio. Ilma começou bem, e foi até motivo de uma matéria de capa do Hello, onde na ocasião prometia ‘mundo e fundos’ na sua administração. Aos poucos Ilma cresceu na comunidade através de seu cargo na rádio. Antes de seu trabalho na rádio, ela atuou em vários campos e lugares como ativista comunitária em MA. Em uma de suas passagens como profissional aconteceu algo não muito agradável. Ela foi presa pela polícia de Framingham quando era gestora da Bramas, uma ONG Comunitária de Framingham. Sob a acusação de desvio de dinheiro na sua administração. O fato lhe rendeu fotos e matérias em inúmeros jornais locais, inclusive no Metro West News, comentando sua prisão. Esse assunto foi arquivado e Ilma se safou. Voltando à 650AM, o motivo de sua demissão na rádio, onde era Gerente Geral, foi por suspeita de má gestão financeira da rádio, e muita incompatibilidade com inúmeros funcionários e radialistas. Ela, inclusive, demitiu algumas pessoas que trabalhavam há anos na rádio, criando um mal estar geral. Porém o fator financeiro pesou mais para a sua demissão. Entre as reclamações, a que não prestava contas ao Alex a respeito do faturamento da rádio, foi vital para a sua queda. Nada de concreto foi revelado ainda. Eles estão apurando dados e é muito cedo para dizer se houve ou não um desvio financeiro, ou se ela estava levando alguma vantagem financeira em troca de algumas regalias para este ou aquele, dentro da rádio. Tudo vai ser revelado ao seu tempo, mas o fato é que Alex deu um basta na sua administração que não estava compatível com o que foi acordado. Jehozadak Perreira, por ser um fiel escudeiro de Ilma e compactuar com ela nas decisões administrativas de peso da rádio, agregado ao fato de que tinha alguns problemas de relacionamento com colegas da rádio, não tinha mais como ser mantido na emissora. Foi despedido junto com sua chefe.

Passando a limpo os advogados que atual na nossa comunidade
·         Esclarecimento sobre o Advogado Niles Lang
                Niles Lang – Advogado - Ele obteve a licença para atuar como advogado há 27 anos no BAR do Estado de New York, em 1990. Ele não tem uma licença para atuar no estado de Massachusetts. Porém usa do ‘jeitinho brasileiro’ ou melhor, o jeitinho americano para burlar legalmente a dificuldade de advogar no Estado de Massachusetts, ou seja, usa a licença de um advogado credenciado em Massachusetts. Ele poderia estudar as leis de Massachusetts e se submeter ao BAR de MA e tirar uma licença em MA para atuar em MA, mas optou por não arriscar e se submeter ao BAR de MA. Optou pelo caminho mais fácil, se encostar na licença de um amigos aqui no estado de MA.  Resumindo usa a licença de terceiros para trabalhar por aqui. Se ele cometer algum deslize de mal prática na profissão aqui em Massachusetts o advogado que aceitou ceder ou emprestou a licença do BAR para ele atuar em MA sofre as consequências.  
·         Alerta para comunidade
                Assim como o Advogado Niles Lang, sem uma licença oficial do BAR do estado de MA para trabalhar na sua profissão, tem muito outros que se encostam em algum amigo local, as vezes, pagam para usar a licença de terceiros aqui MA. Sinceramente comunidade brasileira, se todos nós tivermos um pouquinho de bom senso, saberemos que não existe vantagem nenhuma em usar estes advogados que não tem uma licença oficial de Massachusetts para atuar aqui no estado. Vamos procurar um advogado local, com raízes aqui no estado.
·         Por que os advogados que não tem licenças para atuar em MA vem para cá?
                Aqui tem um grande núcleo de imigrantes, e é onde o dinheiro está para quem atua na área de imigração. Ou seja, estes advogados vem para cá para faturar alto em cima da comunidade, já tivemos alguns casos de advogados que usaram licenças de terceiros para atuar em MA, que foram condenados judicialmente por não darem suporte aos seus clientes. Onde você encontra qualquer informação de qualquer advogado dos USA?  No site https://www.avvo.com/ e lá você pode colocar um comentário sem nenhum risco de represálias sobre a qualidade do serviço do advogado. Se for bom elogie, se for ruim divulgue. 
Classificação de alguns advogados de imigração com licenças aqui no Estado de MA de acordo com o site  https://www.avvo.com/:
Advogado                          Classificação
Michele da Silva              Avvo Rating: 8.7
Antonio Viana                  Avvo Rating: 7.9
Bryan Carr                       Avvo Rating: 7.1
Jill Santiago                     Avvo Rating: 7.0
Javier Pico                       Avvo Rating: 6.8
Stephan E. Bandar           Avvo Rating: 6.7
Michele Moreira             Avvo Rating: 6.7
William Joyce                 Avvo Rating: 6.5
Hannah Krispin              Avvo Rating: 6.3
Danilo Brack                  Avvo Rating: 6.3
Ludovino Gardini           Avvo Rating: ---
Melissa McNamee         Avvo Rating: ---
Melanie Soloman           Avvo Rating: ---
Alguns preços de serviços - Avvo Legal Serviços
30 minutos consulta com advogado: $69.00
Aplicação revisão para cidadania: $149.00
Aplicação para cidadania: $595.00
Aplicação revisão H-1B visa: $199.00
Aplicação para uma família para Green Card: $2,995.00

No comments:

Post a Comment