Thursday, October 10, 2013

Imigrantes Protestam

Imigrantes Protestam
·      O grito hispânico é geral: Queremos reforma já!!!!
·      O grito brasileiro é quase igual aos dos hispânicos; Queremos reforma sim, mas não queremos aparecer, nos envolver, só nos beneficiar!!!!

Foram mais 160 protestos, em 41 estados dos EUA, neste último sábado, 5 de outubro. Milhares de pessoas foram às ruas para exigir a aprovação da reforma migratória paralisada no Congresso. Em Boston a manifestação contou com mais de 1000 manifestantes, destes 40 no máximo eram brasileiros.

O dia nacional de manifestações incluiu uma passeata pela ponte do Brookyln, em Nova York, e outra no coração de Hollywood, em Los Angeles.

Depois do ato em um parque do Brooklyn, na presença de muçulmanos, asiáticos e latinos, cerca de 3 mil pessoas atravessaram a famosa ponte sobre o East River, em direção à prefeitura de Nova York, em Manhattan.

Em Miami, cerca de 200 pessoas se reuniram no Parque José Martí, de Little Havana, para pedir que famílias deixem de ser separadas por causa das deportações.

O principal chavão latino em todo o EUA foi: ‘Sí, se puede! El momento es ahora’!!!!

Em Boston a concentração se deu na Copley Squere, seguida de uma passeata escoltada por batedores da polícia, pelas ruas no centro da cidade até o Boston Public Garden, onde um pequeno palco com equipamentos de som esperavam os manifestantes.

Em Boston a manifestação contou com no máximo 1000 pessoas, destas na sua grande maioria hispânicos e lideres de ONGs hispânicas.

Os brasileiros presentes na passeata de Boston, contando ativistas comunitários, alguns líderes religiosos, ativistas e os funcionários de duas ONGs; CIB e Assistência Total, tinha no máximo 40 pessoas, e destes com certeza somente uns 15 brasileiros ainda não são legais nos EUA, isso incluindo algumas crianças presentes.

Durante toda a semana na nossa comunidade local vimos uma convocação maciça de alguns, ‘profissionais de aluguéis de espaços em várias rádios’, algumas ONGs e alguns poucos lideres religiosos para que todos os brasileiros que vivem em MA, participassem da manifestação pública no centro de Boston, no último fim de semana.

O que será que houve de errado? Porque tão poucos brasileiros apareceram no evento? Será que os divulgadores do evento não têm este eco todo na comunidade que pensam que tem? Bem muitos deles nem perto do evento chegaram, se os divulgadores não acreditam ou dão ar da sua graça, como cobrar uma participação do povo? Entretanto o dia era sábado, muitos não trabalham, logo poderiam ir. Ou o outro lado da questão é que literalmente o nosso povo não curte mesmo um envolvimento maior de apoio a reforma e só que se beneficiar dos louros, caso ela venha a sair?

Estas são perguntas antigas. E há muito tempo já sabemos as respostas. Os brasileiros de Boston não acreditam em passeatas. Será? Na verdade nossa comunidade já fez muito barulho nas ruas de Boston, pedindo uma reforma (entre os anos de 1998 e 2000), e os tempos eram outros e os beneficiados eram da geração que hoje esta totalmente legalizada, mas a geração da comunidade brasileira que precisa hoje da legalização desacredita totalmente nestes movimentos. E enquanto a mentalidade desta turma que precisa não mudar, a tendência é termos um numero cada vez menor de pessoas da nossa nacionalidade neste tipo de evento.

E você será que vai à próxima passeata ou manifestação a favor da reforma?

HBN – Paulo Monauer
Fotos Paulo Monauer
www.hellobrasilnews.com
 

1 comment: