Tuesday, April 17, 2012

Hello Comunidade: BR Courier em Pauta


Tem dúvidas sobre corte, caixas, etc.? Pergunte ao Hello.
Pergunte ao Hello: pmonauer@hellobrazilnews.com

1-     Pergunta: Oi! Acessei o seu artigo na internet e preciso da sua ajuda. Meu marido esta nos EUA, mas eu já vim pro Brasil, os papeis da mudança com a BR Courier estão em meu nome. O meu marido pode ‘file the small claim’ para mim (nós)? Se sim, pode ser na cidade onde morávamos? Também os papeis com o seguro que colocamos mostra o valor um pouco acima de $5,000.00, isso tem problema?  Agradeço sua ajuda desde já, Daniela.

Resposta Paulo Monauer: Daniela, você precisa fazer uma procuração ai no Brasil, em português e se possível já traduzi-la para inglês (duas cópias uma em português e outra em inglês) caso não consiga em inglês, não tem problema seu marido pode fazer a tradução aqui nos USA e autentica-la com o Notário Público. A sua procuração deve ser autenticada e reconhecida em cartório ai no Brasil. Seu marido de posse das mesmas deve procurar um Notário Público para reconhecê-las e dar autenticidade. De posse deste documento ele pode representar você na corte, uma vez que o recibo está no seu nome. Quanto ao seguro, não se preocupe, a BR Courier, forjava uma companhia de seguro que nunca existiu, o seguro era frio não era verdadeiro e nem válido, mentiram para você. Peça para seu marido me ligar antes de entrar com a ação na corte, posso dar algumas dicas adicionais para ele.

2-     Pergunta: Meu nome e José Ribeiro, li a reportagem sobre as transportadoras gostaria de saber se o Sr. pode me informar ou me dar um toque do que fazer a respeito de umas caixas que mandei em setembro de 2011, pois até agora não chegou ao seu destino, eu mandei pela Brasil Courier e eles não tem mais atendido mais meus telefonemas, ficaria muito grato se Sr. poder me ajudar, obrigado.

Resposta Paulo Monauer: José você só tem uma saída, colocar na corte de Small Claim. Estamos tentando levantar mais informações no porto de Paranaguá, no Paraná, onde a BR Courier tem muitos containers presos, a investigação fica mais difícil uma vez que BR. Courier não está ajudando em nada e todos os seus containers eram enviados em nome de laranjas, Contudo qualquer novidade que nos tivermos a publicaremos. Fique a vontade para me ligar ou fazer mais perguntas.

3-     Pergunta: Prezado Paulo, meu nome é Ângelo, retornei ao Brasil há poucos meses, depois de morar mais de um ano na Flórida. Mandei minha mudança pela BR Courier e agora estou na mesma situação que tantos outros brasileiros lesados pela empresa. Minhas caixas estão no Brasil, mas nada foi pago pela BR Courier até agora (transporte, taxas, etc.).  Além disso, acabei de descobri que em minha carta de mudança (BL) foi colocado meio container, mas ninguém sabe de quem são as outras caixas. Estou buscando orientação de como proceder. Pensei em acionar a empresa nos EUA, mas também não sei se isso vai ajudar. Grato por sua atenção.

Resposta Paulo Monauer: Ângelo, bem em primeiro lugar se você tem uma cópia do seu BL, ou algum documento que informe a localização do seu container me avise, estou procurando esta informação para ajudar outras pessoas. Quanto ao fato de eles usarem seu BL ou seus documentos e colocaram um monte de caixas no seu container junto com sua mudança é ilegal, mas as transportadoras fazem isso constantemente usam quem mandou a mudança com a documentação completa como cabeça de containers. Quanto ao fato de colocar a empresa na justiça, tem que ser pelos USA, por que, você contratou uma empresa ‘americana’ para enviar sua mudança e o nome dela é ‘BR Courier’. Não tem como processá-la no Brasil. Mas vamos combinar o seguinte me passa seu telefone convencional do Brasil não o celular, e nós vamos ligar para você e a gente troca uma ideia ou estratégia para ver o que de melhor pode ser feito no seu caso. Ou se preferir me liga.

4-     Pergunta: Olá meu nome e Alex enviei uma caixa pá BR Courier e em três meses ira fazer um ano de atraso gostaria muito de saber que tipo de providencias eu devo tomar desde já agradeço por tudo.

Resposta Paulo Monauer: Alex, no momento só tem um caminho colocar na corte no Small Claim. Pegue o formulário em uma corte qualquer mais perto de sua casa. Ao chegar à corte se dirija ao balcão da secretária civil e peça o formulário de Small Claim. O formulário tem três vias carbonadas aqui em MA, de posse do formulário me ligue eu ajudo você a preencher e a seguir quais são os próximos passos e em três meses seu caso estará resolvido. Se tiver alguma duvida a mais pode perguntar.

5-     Pergunta: Caro Sr Paulo, Eu faço parte desse grupo. Veja a carta que nossa agente de Houston enviada ao dono da BRCOURIER/Brasil Courier. Ela e gente legal e foi enganada como todos nós. Se estiver no seu poder de nos ajudar, por favor, e não estou só pedido para mim, e sim para todos. Tanta gente que trabalhou duro neste país, onde até mesmo era tudo que tinha, pois estavam voltando à terra natal. A Sra. Piedade poderá lhe ajudar a provar a qualidade de gente prejudicada com isso. Em Fevereiro, quando chamei para Brasil Courier em alguma informação de minha caixa que estava com destino a Recife, e perguntei se podia enviar outra e ele me informou que sim, só que demoraria mais tempo por haver uma mudança de porto, que seria agora Fortaleza e esse também era o motivo da que mandei em Agosto 2011, também estar com a chegada de dois meses mais de atraso. Agradeço a sua atenção, Vera Sinha.

Carta enviada a BR Courier:
A/c do Sr. José Moreira (proprietário)
Ref.: Caixas de clientes, não entregues em seu destino final – Brasil.
Como agente autorizado (independente) em Houston, Texas, e tendo trabalhado com dedicação e honestidade junto aos clientes da então “conceituada empresa”; sinto-me completamente desapontada e desamparada com o descaso e desleixo da BR Courier para com seus agentes, bem como com seus clientes, dos quais faço parte nas duas situações. Tenho tentado incessantemente obter informações (via telefone e e-mail) sobre os paradeiros das caixas que me foram confiadas, como agente/receptor e que comprovadamente foram repassadas a BR Courier, por intermédio de funcionário autorizado, responsável pela coleta das caixas e seus respectivos pagamentos. Através do Escritório da BR Courier na Geórgia (Marietta), fui informada que em seu depósito/armazém, existe uma grande quantidade de caixas que deveriam ter sido devolvidas aos clientes, com seus respectivos reembolsos, tendo em vista não terem sido enviadas e/ou entregues aos seus destinatários. Assim sendo, rogo encarecidamente que as mencionadas caixas e seus respectivos pagamentos sejam devolvidos aos seus remetentes, a fim de amenizar essa situação tão caótica, desagradável e desesperadora que tanto nos afeta. Igualmente, que também sejam fornecidas aos clientes, todas as informações necessárias dos containers que continuam retidos nos portos, para a liberação alfandegária, junto as Autoridades competentes. Atenciosamente,
Piedade Alvarado
All Nations Visa Service/ 6420 Richmond Ave. Suite 570 / Houston, TX 77057/Office: (832) 242-1515/Cell: (713) 459-1670

Resposta Paulo Monauer: Vera Sinha, tem como eu ajudar vocês ai sim, vamos formar um braço de ajuda ai no Texas e vocês vão encabeça-lo, para ajudar as pessoas que perderam suas caixas ou mudanças não só com BR Courier, mas com qualquer empresa de mudança. Ligue-me, por favor, se seu não atender ao telefone deixe recado e eu vou retornar a você, o mais rápido possível.

6-    Pergunta: Peguei seu contato na reportagem no Hello Brazil News sobre as empresas de mudanças, e tenho duas caixas presas com a BR Courier. Vou entrar na corte Small Claims, porem não sei do que necessito, por favor, se você puder nos ajudar vou ficar muito feliz. Desde já, agradeço. Juliana.

Resposta Paulo Monauer: Juliana me liga, por favor, vamos preencher o formulário juntos, eu te ensino, leva no máximo 15 minutos, depois vou te explicando passo a passo que fazer e como agir. Em três meses no máximo tudo estará resolvido.

7-     Pergunta: Gostaria que Hello Brazil News nos ajudassem com alguma informação do o que devemos fazer nesta situação de acordo com e-mails trocados com a Márcia Vicente da BR Courier em Pompano Beach, Flórida minha caixa esta no porto do Ceará. Fernando.

Resposta Paulo Monauer: Fernando, no seu caso só existe uma solução colocar na Corte no Small Claim, me de uma ligada que passo as coordenadas de como fazer.

8-     Pergunta: Hello... Meu nome Elisabete Greenstein... Li a noticia sobre a BR Courier transportadora... Será que não tenho chances mesmo de recuperar minha cx? Enviada p/ Curitiba PR, Brasil via porto de Paranaguá em agosto de 2011... Seria perda de tempo denuncia-los na corte? Por favor, me de uma noticia, caso tenha algum conhecimento de como recupera minha cx. Tenho um contato dentro do Porto que esta tentando ajudar-me. Mas, preciso de numero do container, e não sei como conseguir, tem alguma ideia? Obrigada / Elisa.

Resposta Paulo Monauer: Elisabete acredito que seja muito difícil você recuperar a sua caixa. Penso ser mais fácil você conseguir recuperar em dinheiro do valor que você perdeu na corte. Vale a pena colocar na corte, se o José Moreira, dono não aparecer na corte, ele vai acumular algumas centenas de ordens de prisão para ele, e com certeza pode se complicar, é o seu dever complica-lo, afinal ele lesou você. Numero do container ainda tenho nada sobre esta informação, mas estamos trabalhando nisto, números de containers, despachante, etc. Estou a sua disposição, para ajuda-la com a entrada de papeis e formalidades na corte ou qualquer outra dúvida que você tiver.

9-     Pergunta: Boa tarde Hello Brazil News tudo bom? Eu venho acompanhando as repostagens do jornal a respeito das transportadoras de caixas e primeiramente gostaria de agradecer vocês do jornal que estão fazendo um ótimo trabalho informando a população. Eu como muitos brasileiros fui lesado pela BR Courier e estou querendo entrar contra a empresa no Small Claims da Florida, pois é onde vivo. Tenho dúvidas quanto ao tramite do processo de como funciona. Além disso, vocês sabem me informar quais documentos que preciso levar e como faço para descobrir o nome e endereço dos responsáveis da BR Courier. Muito obrigado, Tomas.

Resposta Paulo Monauer: Tomas, ai na Florida os Small Claim são três folhas que você precisará pegar na corte mais próxima sua casa, ao entrar em qualquer corte vai à secretária cível, chegando ao balcão peça por um formulário de Small Claim, que lhe atender vai lhe fornecer um gratuito. Não precisa explicar, ou falar do que ou quem você vai processar, só pegue o formulário. Ai na Florida parece que tem alguma coisa que você tem que processar a companhia na cidade que ele atuou, ou atua ai. Isso você vai ter checar quando pegar o formulário. O teto para pedir nesta corte simples de Small Claim ai na Florida é de $4,000. 00 dólares. Depois eles complicam um pouco. Mas o principal pegue o formulário leve para casa e vamos preenchê-lo juntos, me ligue. Não necessário levar nenhum documento da BR Courier para pegar o formulário, mais vai ter que levar no momento que você entrar com o processo na corte. Você também vai ter pagar uma taxa para colocar a BR Courier na corte. Você pode encontrar tudo sobre as regar do small claims ai na Florida no Google, ali você pode pegar dicas, mas posso acompanhar você a distancia e dar uma boa empurrada no caso.  Você não precisa de advogado e nem pagar um tradutor caso você não fale bem inglês, e em nenhum momento seu status migratório será questionado. Me de uma ligada e vou dirimindo suas duvidas e te dando auxilio no que você precisar.

10-  Pergunta: Gostaria de me juntar aas centenas de pessoas lesadas pela BR Courier. Enviei 21 caixas para o Brasil nos últimos 10 meses, as últimas foram recolhidas em janeiro (quando os problemas já estavam se acumulando em termos impossíveis). Moro na Califórnia, mas muito próximo a Reno, Nevada, e minhas caixas foram recolhidas em minha casa. O Paulo, responsável pela BR Courier em Oakland, me informou que o seguro que paguei pelas caixas nunca foi enviado a uma empresa de seguros - o dinheiro ficou no bolso do dono da BR Courier, que dizia ter uma Cia. de Seguros... Uma amiga, em New Jersey, teve contato pessoal com o Moreira há dois dias, que informou que não é o dono da BR Courier há mais de um ano. Pergunto: posso entrar no Small Claims aqui em Reno, Nevada? Eu não tenho condições de ficar viajando para Oakland para entrar com Small Claims lá, e muito menos ir para New Jersey (cidade onde o Moreira mora). Entendi que o Small Claims deve ser acessado na cidade onde o "culpado" mora - isso é verdadeiro? Sei que se pode enviar a solicitação para o Small Claims via correio, mas na audiência com o juiz você tem que estar presente - isso é real? As caixas que enviei foram parte de seis remessas diferentes. Entro com seis reclamações diferentes no Small Claims - uma para cada remessa? Eu não sei por onde começar, e gostaria de começar a pelo menos reclamar oficialmente. Vocês estão fazendo um serviço publico inestimável e sou profundamente grata por pelo menos termos um meio de reclamar publicamente a respeito deste roubo descarado. Obrigada! Marisa Miller

Resposta Paulo Monauer: Bem vamos começar pela presidência da BR Courier - New Jersey Business Gateway/Business Entity Information and Records Service/Business Id: 400210557 / Status Report For: BR COURIER LLC / Report Date: 4/8/2012 / Business Type: FOREIGN LIMITED LIABILITY COMPANY / Status: ACTIVE / Annual Report Month: JANUARY / Last Annual Report / Filed: 11/17/2011 / Year: 2012 / Title: PRESIDENT Name: MOREIRA, JOSE / Address: 264 FERRY STREET, NEWARK, NJ 07105 – Conforme o documento não resta duvida que José seja o dono da BR Courier, se ele vendeu a empresa esqueceram de atualizar a documentação oficial junto ao governo Americano, logo José Moreira é o responsável pela empresa, até que se prove o contrário. Quanto ao fato de como funciona o Small Claim ai no Nevada não tenho muito conhecimento, apesar de o Small Claim estar contido na constituição americana, cada estado tem seus aplicativos para lei. O que não pode mudar de estado para estado no Small Claim é a mecânica que é: uma corte de pequenas causas, com soluções rápidas, onde não se precisa ter o acompanhamento de advogado, e este é fórum para se resolver problemas de ordem do consumidor, também o governo é obrigado a fornecer um tradutor caso você não domine bem o inglês, estes direitos são imutáveis. O que muda de estado para estado, é valor máximo que você pode pedir em cada processo, quanto ao fato de que se você tem que processar a empresa na sua cidade de origem, ou onde você mora você vai ter levantar esta informação ai. Quantos os formulários são diferentes de um estado para outro. Uma boa dica e você entrar no Google e procurar informações do Small Claim na sua cidade, leia os regulamentos e mande bala, posso ajudar você a preencher o formulário e você pode me ajudar a conhecer como funciona o Small Claim ai na sua cidade assim poderei ajudar mais pessoas que moram ai na sua região com mais precisão. Se você mandou seis caixas e tem seis notas pode entrar com seis processos, mas de preferência não no mesmo dia, de um espaço de uns dias entre uma causa e outra. Verifique primeiro qual o teto que você tem direito de pedir sem a presença de um advogado.  Quanto a enviar o formulário pelo correio sei que a Florida tem este expediente, contudo como você disse você tem que estar presente no dia da audiência, mas não sei como funciona na sua cidade. Aqui em Massachusetts é um paraíso, temos tudo ao nosso alcance e podemos aplicar para qualquer lugar na América no Small Claim. Bem me ligue e conversamos sobre o assunto, acho que vai ser mais fácil dirimir suas dúvidas e podemos achegar a alguma conclusão mais acerada para você agir contra a BR Courier juntos.

Precisamos descobrir qual o despachante que a BR Courier usa no Porto de Paranaguá, se alguém tiver algum BL do BR Courier gostaríamos de ter uma copia para investigar mais a fundo o que esta acontecendo no porto e se tem alguma chance de liberação de alguma carga.

HBN – Notícias - Paulo Monauer – Publicado na Edição 46 - 04/17/12 – Páginas 5, 6 e 8
Imagens Divulagação
Contato: pmonauer@hellobrazilnews.com
www.hellobrazilnews.com
www.pmonauer.com
Siga-nos no Facebook – Hello Brazil News

No comments:

Post a Comment