Thursday, December 18, 2014

Paulo Notaro - Pastor dono de igreja - Entregador do Brazilian Times esconde Edições do Hello Brasil News

Espaço do Leitor
Aqui o leitor tem espaço e é prioridade!
www.hellobrasilnews.com
www.facebook.com/hellobrazilnews
Denúncia:
Entregador do Brazilian Times esconde Edições do Hello 
Paulo Notaro – Pastor Presidente da New Jerusalém Baptist Church é o entregador do Brazilian Times que uma leitora viu e é testemunha da sua attitude baixa  e isso que é dono de uma igreja

Sr. Editor,
Não sei se você lembra de mim. Você já fez uma matéria da igreja que eu estava presente. Gosto do seu jornal e presenciei algo que preciso te contar. Na cara dura o entregador de jornal de Framingham do Brazilian Times escondeu o seu jornal e colocou um monte de outros em cima do seu aqui no restaurante da 135 em Framingham, pior do que isso, quando sai do restaurante eu fui lá  pegar um para mim,  ele deixou seu jornal de cabeça para baixo embaixo dos outros. Achei um absurdo! Da próxima vez vou filmar para você.
Um abraço!
Carmem – Framingham
Resposta do Editor
Obrigado por nos fazer este relato e por sua amizade e decência de denunciar isso. Isso só vem a testificar o que na verdade nós já sabemos há anos, estes atos de vandalismo deste entregador do Brazilian Times que se chama Paulo Notaro e que é Pastor Presidente, ou seja, Dono da Igreja New Jerusalém Baptist Church,  não é de hoje não. Temos denuncias dos vandalismos dele contada por  outros entregadores de jornais e de muitos lojistas que já o viram recolher, esconder, pegar nossos exemplares das lojas, e semanas depois colocar estes jornais antigos nas lojas em cima de nossas edições semanais atuais. Sem falar no lixão que ele transforma todos os pontos de distribuição dos jornais deixando nas lojas zilhões de edições antigas do BT, além de entregar duas ou três edições que supostamente eram para ser entregues em ‘3 dias diferentes’ entrega tudo no mesmo dia, isso e corriqueiro, banal e totalmente normal para ele. Isso também ocorre com a mesma intensidade há  muito tempo em algumas lojas na região de Boston, onde o entregar é o Roberto. Nós do Hello pagamos para deixar o Hello no espaço mais alto do expositor na região de Boston, no período de terças à sexta-feira em alguns expositores, tem inclusive um adesivo do Hello indicando isso, falamos com o tal Roberto pessoalmente, ele sabe que trabalha em desacordo e nada faz para mudar, ele avança o sinal toda a semana e repete situações constrangedoras. Contudo nossa posição até hoje tem sido pacifica e já ligamos para a direção do Brazilian Times, mais de 6 vezes, ligamos também para o próprio Pastor da New Jerusalém Baptista Church, Paulo Notaro, este por sinal nos ofendeu ao telefone, criticou a nossa ligação e não nos deu chance para podermos colocar um ponto final nesta situação. Por outro lado a direção do BT, Juninho, Liliane e Edirson todos sabem o que esta acontecendo com seus entregadores e ao que tudo parece é que compactuam com eles, pois nada muda, talvez os entregadores estão seguindo ordens para continuarem agindo do mesmo jeito pela direção do Brazilian Times. Tudo leva a crer que BT tem uma preocupação estranha com Hello. Vários amigos, leitores do Hello e lojistas que conhecem esta situação nos aconselham que neste caso o melhor para o Hello é que nos deveríamos agir de acordo com o Brazilian Times e praticar a ditado popular; ‘olho por olho e dente por dente’. Ainda não chegamos neste ponto, nas vias de fato, mas estamos por um fio, afinal ninguém é de ferro e paciência tem limite. E quem vai poder nos condenar ou falar que não temos ética caso passamos a agir como eles?
Paulo Monauer

Parabéns!
Sr. Editor,
Tenho acompanhado os conteúdos do Hello e para ser sincero tenho encontrado alguns erros de português, mas para dizer a verdade tenho encontrado erros em todos os jornais brasileiros que circulam em Massachusetts. Alguns cabeludos, outros menores. Apesar disto leio todos, acho muito bom ficar por dentro de como os jornais locais se expressão a respeito da comunidade local. E gostaria de dar os parabéns a vocês, pela coragem de denunciar, fazer matérias investigativas, e de ter opiniões solidas. Do meu ponto de vista como leitor percebo o apego da redação de vocês com as raízes da comunidade. Vocês parecem estar à parte do que os outros jornais locais escrevem. O conteúdo que vocês publicam eu não encontro em outros jornais locais, meus parabéns. Contudo vou continuar lendo todos, eu não sou adepto de ler um só jornal.
Silva - Framingham
Resposta do editor
Ual, obrigado!
Ganhamos a semana.
Paulo Monauer

1 comment:

  1. Hey Mr. Silva. O certo seria "Expressam" e náo "Ëxpressáo"

    ReplyDelete