Wednesday, May 23, 2012

Comunidades Seguras

Chefe de Polícia de Marlborough, Mark F. Leonard explica a nova lei 
A nova lei já está em vigor em Massachusetts. E a mídia comunitária tem que alertar a comunidade dos riscos que a população corre. Contudo colocar pânico em todos tem sido um exagero por parte de alguns meios de comunicação, que na verdade não levam a nada. Falar sobre a nova lei é um dever de todos, explicar expor os riscos da população, etc. Nada deve ficar obscuro ou oculto para comunidade em uma hora destas. Todo o imigrante ilegal corre risco sim de ser entregue para ICE quando for preso ou simplesmente levado para delegacia. Entretanto todos sempre correram estes riscos, por ser ilegal neste país. Com a chegada desta nova lei federal que se espalhou pelo USA inteiro, o risco de viver na ilegalidade ficou um pouco mais sensível, contudo nada tão assustador assim, afinal a vida continua.
Os cuidados de cada um devem ser redobrados. O imigrante ilegal deve se portar como um invisível para polícia se tiver esta postura, ai sim ele poderá viver a vida toda na ilegalidade sem ser incomodado. A fragilidade maior desta nova lei para imigrante ilegal é dirigir sem carteira e ser flagrado pela polícia. Todos nós sabemos da necessidade de muitos que tem que dirigir para viver por aqui, contudo o flagrante da polícia só ocorre quando o motorista está desatento, com faróis ou sinaleiras queimadas, quando está dirigindo com excesso de velocidade, não da o sinal do pisca na hora de virar a esquerda ou à direita, não para em faixas de segurança e ainda quando quer atravessar a sinaleira no amarelo. Quando bate o carro então à coisa fica feia de vez, isso significa ter que dirigi cuidando de si mesmo e para que ninguém bata em você, ou seja, cuidado dos outros. Um malabarismo singular, que a maioria da nossa comunidade tira de letra. Mas é sabido que tem muitos de nossos compatriotas que gostam de se complicar no transito, atropelam os cuidados, abusam da sorte e ai a coisa pode ficar feia ou não para eles depende do delito. Dirigir de madrugada em ruas desertas sem uma viva alma acelerando para ficar acima do limite de velocidade para chegar rápido ao destino, e a cilada mais comum que tem dos policiais. Sempre tem um carro de polícia escondidinho para pegar os malandros e é ai que a casa cai. O cuidado nunca é demais!
De acordo com o Chefe de Polícia da cidade Marlborough, Mark F. Leonard em entrevista coletiva nesta manhã de segunda-feira, 21 na sede da polícia da cidade para a imprensa comunitária, o Comunidade Seguras existe para prender criminosos, e não imigrantes trabalhadores que não representam um risco para a população. Mark, afirmou que quem não quer se ver livre de criminosos no seu cotidiano, que está lei pode ser uma coisa boa para os dois lados, para imigrante e para policia local.
Devido a muitos boatos infundados sobre a nova lei o Chefe de Polícia fez questão de tentar tranquilizar a comunidade imigrante que hoje representa mais ou menos 20% da população local da cidade. Marlborough tem hoje uma população oficial de acordo com senso de mais ou menos 40 mil habitantes entre estes habitantes locais ainda vivem mais ou menos de 8 a 12 mil ilegais que não foram contados no senso, o que eleva o numero de habitantes de Marlborough para mais ou menos 50 mil habitantes, segundo Mark. Ele diz que estes números não são difíceis de serem contabilizados é só ir às escolas e ver o numero de alunos imigrantes que cada uma tem, a partir daí se pode ter o numero de habitantes por família e logo chegar a um numero total.
A força policial da cidade de Marlborough tem hoje no seu quadro 65 oficias de rua, policias de campo e mais 15 de logística interna, totalizando um efetivo de 80 pessoas no seu departamento. Possui 14 carros com emblemas da polícia, 10 carros camuflados, motos e bicicletas para o patrulhamento da cidade.
Dentro do seu quadro de policiais, tem um brasileiro (contratado recentemente), um americano que está aprendendo português, outro que fala fluente espanhol e mais um que fala português de Portugal. O Chefe de Polícia Mark descarta a falta de comunicação na língua de origem para qualquer um que procure a polícia para fazer uma denuncia ou relatar uma violência domestica. Também aproveita para reafirmar que ninguém nunca vai ser questionado sobre sua situação imigratória ao procurar a polícia para fazer qualquer denuncia ou queixa crime, não existe esta possibilidade afirmou ele.
Quanto a Comunidade Seguras reafirmou; o objetivo da lei é tirar das ruas pessoas que cometeram crimes violentos, que repetiram infrações criminais varias vezes, ou que esta sendo procurado pela polícia por crimes que cometeu (não se apresentar a corte é um deles). Antes desta lei todas as polícias de MA, trocavam informações ao prender alguém com o FBI e continuam fazendo isso, contudo agora vão ter que trocar informações com ICE, também, ou seja, cruzar dados.  Isso não quer dizer que ICE vai vir correndo buscar qualquer pessoa que cometeu uma infração normal leve, até por que ele, Mark acha que o ICE vai ficar muito ocupado com tantos cruzamentos de informações e este não é objetivo da nova lei. Entretanto afirma ele: pessoas perigosas com certeza devem ser tiradas de circulação.
O Chefe Mark fez questão de frisar que em seu departamento não vai existir abusos, mas caso a comunidade saiba de algum abuso por parte de alguns de seus policias, as portas da sua sala está aberta para ouvir as denuncias de abuso e ele garante que vai investiga-las. Também não é seu objetivo colocar pânico na população ilegal local e quer manter a credibilidade conquistada com nossa comunidade nos últimos anos.
O processo normal de alguém que vai preso é primeiro tirar fotos e depois coletar as impressões digitais, depois disto se faz o cruzamento com FBI e agora com o ICE, diz Mark.
Nenhum serviço público vai checar seu status imigratório, todos podem ir ao hospital, ao médico, levar o filho na escola, andar na rua, fazer denuncia a policia, reclamar de algo irregular, fazer compras, nada disto é motivo para ter medo por parte da população comunitária, afirmou Mark.
Questionado sobre como anda o comportamento dos brasileiros na cidade e se dão muito trabalho a policia, Mark respondeu: A comunidade brasileira tem alguns problemas localizados como; morar muitas pessoas em um apartamento ou casa pequena; fazem festa às vezes até muito tarde onde fazem muito barulho incomodando os vizinhos; fora isso nada de delitos mais sérios, em suma se coportam bem na cidade. No final deu um conselho para que todos conheçam seus vizinhos e tem que procurem ter um bom relacionamento onde vivem.
Contudo o Hello recomenda: Ser preso por dirigir sem carteira não é um crime sério, mas é um delito e as pessoas estão descumprindo a lei e a polícia está presente para fazer com que as leis se cumpram, não tem como fugir disto, contudo ser preso várias vezes por dirigir sem carteira de motorista pode ser um risco para o motorista que pode ser enquadrado em casos de crimes repetidos para o ICE, é uma chance remota, mas verdadeira de cair na rede, portanto cuidado.
HBN – Notícias
Foto Paulo Monauer
Contato: pmonauer@hellobrazilnews.com
Publicado na Edição 51 – 05/28/2012 – Páginas 6 e 8
www.hellobrazilnews.com
www.pmonauer.com
facebook - http://www.facebook.com/pages/Hello-Brazil-News/137476439687817




No comments:

Post a Comment