Friday, October 28, 2016

A semana foi agitada e quente na comunidade!


Em uma semana cheia de grandes eventos na comunidade como; o encontro das mulheres em Framingham, recital de jovens talentos adultos e infantis que estão como um todo se descobrindo como intérpretes e instrumentistas em Watertown, e ainda como se não bastasse o verão que iniciou dia 21 de junho não deixou dúvidas de que realmente chegou com força e personalidade e que não vai decepcionar ninguém este ano. Sem falar nas opções que a nossa comunidade tem em Boston e toda a grande Boston com seus parques públicos, com sua orla atlântica enorme e linda, com suas ilhas de turismo, etc. No meio de tudo isso ainda temos as famosas dicas de verão como opção para os nossos leitores, e claro não tem como não frisar o super show do espetacular Zéca Pagodinho no Clube Lido. A lei do Obama caiu por terra como era esperado, até só acreditou quem quis. Obama perdeu o ‘time’ de fazer algo pelos imigrantes no seu primeiro mandato, depois disto não fez nada e quando fez, fez sabendo que não iria dar em nada, mas como Pilatos, lavou suas mãos. Esta semana já vi jornal da comunidade brasileira de MA, falando na Hilary, dizem que ela vai ajudar os imigrantes ilegais. Olha pessoal aqui em MA quem manda no senado e câmera dos deputados há mais de 12 anos são os Democratas, eles tem quase 90% dos políticos nas duas casas, eles mandam e desmandam em MA, porém os Republicanos aqui são minoria, só tem o governador e mais meia dúzia de gatos pingados de Republicanos no poder. Ai eu pergunto: O que os democratas fizeram pelos ilegais aqui em MA nos últimos 12 anos? Nada, absolutamente nada a nosso favor e ainda refugaram a história da carteira de motorista 3 vezes. Olha, tem como acreditar em um Democrata depois destes fatos? Tem que ser muito burro para continuar apoiando um Democrata sem ver sua atuação com imigrantes ilegais. Pessoal eu sei que os Republicanos não apóiam muito os imigrantes ilegais, mas migrar coletivamente para os Democratas só por que acenaram com alguma migalha a favor de uma comunidade ilegal sofrida como a nossa, com certeza é errar de novo. Mas política é política e você faz suas escolhas, só que nós do Hello como mídia independente não vamos abraçar um ou uma candidata que se diz salvador (a) da pátria, ainda mais ser for Democrata, por que estes enrolam nossa comunidade há anos. Tá na hora de parar de ser vaquinha de presépio de uma meia dúzia que se dizem politiqueiros na nossa comunidade e cair na real. O melhor e este povo agir primeiro para depois ter nosso apoio. Olha. Ops vamos para outro assunto, por que quase não tenho tempo de falar que agora surgiu uma tal aplicação virtual para quem quer ser ressarcido pela TelexFree.  Isso tá mais para ‘pega ratão’ do que para ressarcimento. Se os caras quisessem pagar já teriam devolvido a grana de todo mundo, já deram $250.00 dólares para uma meia dúzia de gente. E tem mais, quem colocou dinheiro na TelexFree não quer ser ressarcido, pois sabia que este era um investimento a fundo perdido. Ou vai dizer que não?
·      O Segundo Brazilian Day de Lowell
Nossa colunista Leila Ribeiro, foi ao evento e participou como sua barraca infantil, pintando rostos de crianças, vendendo algodão doce, pipoca e ao mesmo tempo ficou com seu faro jornalístico apurado. Na sua coluna na semana passada relatou com maestria que o evento foi um sucesso, que teve muita gente e que tinha muitas barracas. Inclusive disse que a dona da festa faturou muito. Por outro lado o evento deste ano 2016 para ela (Leila) e mais alguns expositores (de alimentos, doces e outros serviços) foi muito fraco. Como o caso dos churros, do algodão doce, dos cachorros quentes, etc. Ela relatou que algumas pessoas ganharam dinheiro nas barracas sim, porém outras perderam entre os expositores. Leila foi uma que perdeu muito, investiu em logística para ir até o evento, levou funcionários para ajudá-la, sem falar nos produtos e matérias que comprou para o evento. Seu custo até o momento do início da festa foi de quase $700.00 destes $300.00 foi só com o aluguel do espaço no evento. Faturou $150.00 o dia todo na festa e tomou um ‘tufo’ de $550.00 dólares. Se tivesse empatado ainda estaria mais tranquila, mas ir a um evento destes para perder dinheiro e é muito dinheiro para ela, dói e dói muito. Ela só pagou os funcionários, isso dando a metade do que prometeu dar, e acabou tendo que dar uma pedalada em todo resto, inclusive na dona do evento (Zilda Silvano), sustou o cheque de $300.00 dólares que estava sem fundo, ela não conseguiu faturar na festa, logo se viu obrigada a sustar o cheque e pediu um prazo para pagar a dona do evento. Assim como ela teve mais um monte de expositores insatisfeitos, por ‘N’ motivos inclusive a duplicidade de barracas com o mesmo produto. Quando alguém se sujeita ser um expositor em uma feirinha destas vendendo alimentos e alguns derivados o que expositor quer é vender, fazer dinheiro, ele não está ali para expor nada. Quem vai querer expor uma churrasquinho de gato, um algodão doce, um churro, um cachorro quente, etc.? Ninguém, estes investidores do evento querem é vender mesmo. E para muitos destes ramos faltou público, ou uma boa localização das barracas que deveriam ser todas ao redor do palco de apresentação onde ficou concentrado o grande público que só chegou ao final da festa. Alguns expositores faturaram e outros perderam. Agora é proibido criticar? Fazer uma critica construtiva, falar do sucesso e dos fracassos? Aqui no Hello não tem panos quentes para este ou aquele? Parabéns a Leila por relatar sua dor e de mais de um monte de gente e claro também por elogiar a festa. Agora esta senhora produtora da festa Zilda Silvano, conhecida na comunidade como muito vingativa e ameaçadora, veio para cima da Leila com dois quentes e um fervendo e falou poucas e boas para Leila ao telefone e Leila gravou tudo, nem vale à pena transcrever o nível da fala dela na gravação é muito baixo,  mas podemos transcrever se precisar na integrar e mostrar a gravação caso ela não se lembre o que falou. Ela teve a petulância de ameaçar postar o cheque que a Leila sustou com o intuito de desmistificar a coluna dela e deixou isto bem claro. Ledo engano, Leila não tem vergonha de dizer que sustou o cheque, até por que ele não teria fundos, e Leila não se negou em pagar a Zilda só pediu um tempo para paga-lá. Este cheque sustado é prova doprejuízo da Leila. O que não dá e para Dona Zilda ficar ofendendo com palavras de baixo calão qualquer um na sua frente. O tempo de panos quentes na mídia local já acabou há anos na nossa comunidade, aqui no Hello isso não rola. Dona Zilda bem vida ao mundo civilizado de elogios e criticas. Este comportamento neutro e imparcial só faz crescer a comunidade, a maldade só esta na sua cabeça Dona Zilda.

Boa semana!

Paulo Monauer


No comments:

Post a Comment