Friday, October 28, 2016

De Boston para Paris & Roma

Recentemente tive o privilegio de sair à noite de Boston e chegar pela manha em Paris, não fui muito diferente na volta, acordei em Paris e cheguei a Boston no final da tarde. Tive uma experiência destas também quando estive no Brasil, acordei em Porto Alegre bem cedinho 5hs da manhã e lá pelas 11hs da noite estava na minha cama, na minha casa, em Boston pronto para dormir.
Esta foi minha primeira viajem para Europa (Paris e Roma) foram os destinos escolhidos pela família, o tempo não foi muito (uma semana), mas o bastante para alicerçar uma primeira viajem ao velho continente. O custo da viajem foi uma bagatela, logo, descobri que viajar para Europa, só não vai quem realmente não quer. Antigamente se dizia que era uma coisa para ricos. Que bom que o mundo mudou e a vida pode ser mais agradável para qualquer um, principalmente para um brasileiro que vive nos EUA.
Não sou contra o Brasil, sou a favor, vou ao Brasil e volto com alguma freqüência, mas acho que cheguei em uma fase da vida que este percurso, EUA x Brasil, Brasil x EUA para viajar já deu o que tinha que dar. O custo de se viajar para Europa é insignificante perto do que se gasta para ir ao Brasil. Hotel durante as viagens para qualquer lugar do mundo, já foi um problema, procurar um bom hotel por um bom preço é complicado, mas não impossível. Porém hoje todo mundo procura uma casa, um apartamento mobiliado em um bom bairro no centro perto do um metro, e ai tudo fica fácil e barato com muito conforto e estilo. Foi isso que fizemos, alugamos um duplex lindo com muito conforto no décimo oitavo andar com uma vista linda de Paris. Paris, sem duvidas é uma cidade glamorosa, estilosa, seus pontos turísticos são uns dos mais requisitados do mundo, e estes foram os nossos primeiros destinos.
Fora isso o que falar de Paris? Andando nas ruas principais de Paris a noite ou durante o dia, pude observar que tem muito carro pequeno nas ruas. Têm muitas ‘lambretas’ nas ruas, confesso que umas lambretas possantes, mas não vi quase nada de motos circulando. O Smart carrinho pequeno esta bombando em Paris. Não vi muitas SUV ou Camionetes que temos aqui nos EUA circulando, elas praticamente inexistem. Uber em Paris, não é muito diferente de Boston, Mercedes e bons carros estão nas mãos dos motoristas e é um dos serviços mais requisitados no que se refere a transporte de passageiros, na cidade luz.
                Os prédios de Paris são glamorosos e milenares, e ostentam beleza e mais beleza que enchem os olhos. A segurança em Paris tanto no aeroporto como na cidade é muito fraca comparada com a segurança aqui nos EUA, aqui é mil vezes mais efetiva. Paris é uma cidade para se visitar, se fazer turismo, mas os EUA têm a beleza do novo, do moderno, da oportunidade, sou mil vezes mais a América do que Paris ou Roma.
Roma, como não se encantar com Roma, que tem como seu carro chefe o coliseu e outras maravilhas milenares, com suas ruas estreitas, com muita nostalgia, mas a nostalgia de Roma não encanta como a de Paris, tem beleza, mas é diferente. O vaticano tem sua beleza religiosa, mas só isso. Mas definitivamente Roma tem uma beleza singular, tem algo no ar. Têm muitas ‘lambretas’, na verdade milhares delas e como tem mulheres que andam de lambreta na em Roma, nada de motos, zilhões de Smart , e o jeito que o pessoal estaciona os carros nas ruas e totalmente único, se espremem, e a bela Roma tem no meio da cidade o seu particular ‘rio tiete’, digo o seu rio poluído com muitos detritos. Roma não é uma cidade muito limpa, e tem inúmeros indianos, nas ruas e como guias turísticos, são agressivos e poucos educados, também tem muitos indianos nos restaurantes e comércios, eles invadiram Roma, esta parte não gostei muito. Quanto à segurança, tem muitos homens do exercito com forte armamento nas ruas oferecendo proteção, na pior das hipóteses pelo menos inibe o cara perigoso.
Por outro lado Paris tem inúmeros guias turísticos e camelos de origem africana. Eles não são aseados e de boa aparência, porém são menos agressivos que os indianos de Roma.   
Na Itália rola bem um inglês na comunicação, porém em Paris eles são mais ‘barristas’ gostam de falar o Frances, e sempre dizem que falam um pouquinho de inglês, mas a comunicação funciona.
Não descobri qual a segunda língua da França e nem a da Itália, mas o inglês salva, apesar de que tem muita gente que não fala nada em inglês próximo aos pontos turísticos.
Metro de Paris dá de 10 a zero no de Boston e NY, as estações são monumentais, lindas, o metro da Itália é melhor do que o de Boston, mas perde feio para o de Paris. Só para esclarecer não troco Paris nem Roma por Boston, meu lugar de viver e morar e aqui.
Há antes que eu me esqueça só um detalhe, sabe quanto que paguei para ir de Paris para Roma, ida e volta de avião? $120.00 dólares. E só para deixar você aguçado: de Boston para Paris ida e volta paguei: $530.00. Nem vou falar quanto paguei no duplex mobiliado espetacular no décimo oitavo andar de Paris, você não iria acreditar. Dorme com esta!


Boa semana! 

No comments:

Post a Comment